<
>

Sindicato de Atletas de SP pede adiamento de Palmeiras x Flamengo e ameaça ir à Justiça contra CBF

O Sindicato de Atletas de São Paulo emitiu um comunicado oficial nesta quinta-feira pedindo o adiamento da partida entre Palmeiras e Flamengo, marcada para este domingo, válida pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A nota afirma que a partida apresenta “fortes indícios de risco à vida dos atletas profissionais e demais membros dos clubes”, por conta dos muitos casos de COVID-19 na equipe carioca.

O Rubro-Negro tem 16 casos confirmados de coronavírus entre o elenco.

Isso sem contar com o vice-presidente de futebol, Marcos Braz, o técnico Domènec Torrent e até o presidente Rodolfo Landim, que também estão contaminados.

"O nosso médico, Dr. Renato Anghinah, está em contato com especialistas da área de infectologia para que tenhamos a posição técnica que comprove o risco. Uma vez obtido o parecer, e com a CBF mantendo sua postura de irresponsabilidade, buscaremos a justiça para o adiamento da partida", diz o comunicado.

Desde a retomada do calendário esportivo no Brasil, o Sindicato de Atletas de SP faz constantes cobranças direcionadas à CBF, em relação aos protocolos de saúde adotados para a realização dos jogos.

Caso a partida não seja adiada, Palmeiras x Flamengo ocorre no domingo, às 16h (de Brasília), no Allianz Parque.