<
>

Ex-Flamengo detona 'vergonha' após 5 a 0 para o Del Valle: 'Ou arrasa com tudo ou vai cair todo mundo: treinador, diretoria...'

play
Ex-Flamengo, Mancuso explica: 'Levar essa pancada de um time médio, sem história... Ou cai todo mundo, ou você arrasa com tudo' (2:45)

Volante argentino disse que o rubro-negro foi muito apático e aceitou a derrota (2:45)

O Flamengo levou 5 a 0 do Independiente Del Valle, na última quinta-feira, na estreia de Domènec Torrent na Conmebol Libertadores. E o desempenho da equipe na altitude de 2.850 metros de Quito foi muito criticado por quem já vestiu a camisa rubro-negra no passado: Alejandro Mancuso.

Em entrevista exclusiva ao ESPN.com.br, o volante do clube carioca na década de 90 detonou o chocolate sofrido para um time que segundo ele é médio, o Del Valle. Além disso, o argentino afirmou que essa derrota é aquela que traz mudanças drásticas no futebol do clube, respingando em treinador, jogador e até mesmo dirigente.

“Momento muito difícil, porque levar essa pancada de 5 a 0, contra um time médio, que não tem história praticamente. Acho que é um resultado que com certeza vai mexer na cabeça de todo mundo. Esse resultado ou cai todo mundo, vai embora, ou então arrasa com tudo. Não tem outra alternativa. Derruba treinador, diretoria, derruba todo mundo”, esbravejou Mancuso.

Durante a entrevista, ele ainda afirmou que o estrago poderia ser ainda maior. Segundo Mancuso, o time rubro-negro teve uma atuação apática no Equador e precisa reverter internamente o quanto antes para não se complicar.

“O time do Flamengo está estranho, muitas coisas acontecendo lá, está muito esquisito. É difícil de explicar quando você assiste a um jogo como o de ontem, ridículo para o Flamengo. Flamengo perdeu, Del Valle foi muito superior. Fez cinco e tinha condição de fazer muito mais. É uma vergonha para todos, com certeza, daqui pra frente, ou arrasa com tudo daqui para frente ou vai cair todo mundo, treinador, diretoria”, criticou Mancuso.

“Eu achei o time do Flamengo muito apático. Aceitando a derrota. O time do Flamengo não era aquele time que todo mundo conhece, que vai para cima, que quer virar o jogo. Muito apático. Aceitando a derrota, aceitando que o time deles era bem melhor. E na realidade não é assim. Del Valle é um time médio, normal. Não é um time que você fica preocupado. A coisa foi feia", completou.

Com muita personalidade na época de jogador, Mancuso afirmou que espera uma postura de cobrança dentro do vestiário rubro-negro. Ele acredita que depois de uma goleada como essa, a hora de ‘pagar o preço’ é agora. E deixou essa missão para os líderes do elenco.

“Depois que você perde um jogo como esse de 5 a 0, tomara que os caras se cobrem entre eles. Tomara que no vestiário dê briga, que no hotel tenha jogador se xingando, precisamos dessa cobrança. Precisamos que os líderes assumam esse preço a pagar por perder um jogo do jeito que perdeu. Tomara que tudo isso tenha acontecido. Que todo mundo tenha ficado irritado, triste. Porque é muito ruim, difícil, se depois do 5 a 0, continua tudo do mesmo jeito. Não é possível. Depois desse jogo, tem que muita gente que tem que pagar o preço. Não é possível continuar como nada. Não é possível. Se não, tanto faz. Perder de 1, de 5, empatar. Mas não é assim. Uma coisa é perder de 1 a 0, 2 a 1, brigando e outra é perder de 5 a 0. Bem diferente", finalizou.

O Flamengo volta a campo diante do Barcelona, na terça-feira, com transmissão exclusiva do FOX Sports, a partir das 19h15. João Guilherme comanda a transmissão, que terá comentários de Mauro Cezar Pereira, Zinho e Carlos Simon. O ESPN.com.br acompanha a partida em TEMPO REAL e em VÍDEOS.