<
>

Com gol de Walter nos acréscimos, Athletico-PR consegue virada heroica na altitude e vence na Libertadores

O Athletico-PR sofreu com a altitude, mas conseguiu uma vitória heroica na Bolívia.

Nesta terça-feira, a equipe visitou o Jorge Wilstermann, em partida válida pela 3ª rodada da fase de grupos da Conmebol Libertadores, e retomou a competição arrancando uma vitória por 3 a 2 diante dos bolivianos, depois de ficar duas vezes atrás no placar. Gilbert Álvarez balançaram as redes para os donos da casa e Lucho González, Christian e Walter, aos 46 do 2º tempo, marcaram para os brasileiros.

Sofrendo com os 2560 metros de altitude de Cochamba, a equipe rubro-negra teve dificuldades para conseguir jogar, mas volta para Curitiba com um excelente resultado, sendo a primeira vitória da história do clube na altitude em 8 partidas.

Os bolivianos começaram melhor e abriram o placar em uma falha do goleiro Santos.

Logo aos 10 minutos, um lançamento longo achou Alvarez na entrada da área, livre. Santos demorou para se decidir se saía ou não na bola e, quando o fez, já era tarde demais. O atacante do Jorge Wilstermann aproveitou a saída errada, encobriu o goleiro com um chapéu antes de tocar para o gol vazio.

Na reta final da primeira etapa, o Athletico-PR passou a criar mais e conseguiu o empate. Após cobrança de escanteio, Fabinho foi puxado dentro da área e a arbitragem apitou a penalidade máxima. Lucho González cobrou muito bem e não deu chances para o goleiro, que ainda acertou o canto, mas nada pôde fazer.

Na segunda etapa, o ritmo se manteve e o Furacão tentou segurar o placar, mas o Jorge Wilstermann demorou menos de 10 minutos para retomar a liderança. Após ótima troca de passes, Chávez serviu Serginho e o brasileiro, livre na pequena área, tocou para o fundo da rede, fazendo 2 a 1.

A resposta atleticana veio na mesma moeda. Aos 27 minutos, uma bela tabela entre Christian e Fabinho deixou o primeiro bem posicionado dentro da área para ganhar do zagueiro e deslocar o goleiro Giménez para empatar a partida. E ainda havia tempo para mais.

Aos 42 minutos, Serginho recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Com um a mais, o Athletico conseguiu a virada nos acréscimos. Após cruzamento de Jonathan da direita, Walter dominou a bola na entrada da área e soltou a bomba para virar a partida e conquistar a vitória heroica.

O resultado deixa o Athletico-PR empatado com o Colo-Colo na liderança do Grupo C, ambos com 6 pontos. Jorge Wilstermann e Peñarol têm 3 pontos cada.


Ficha técnica

Jorge Wilstermann 2 x 3 Athletico-PR

GOLS: Gilbert Alvarez e Serginho (JOR); Lucho González, Christian e Walter (CAP)

JORGE WILSTERMANN: Giménez, Orfano, Zenteno, Benegas e Aponte; Melgar, Justiniano, Rodríguez, Chávez e Francisco; Alvarez; Técnico: Cristian Díaz

ATHLETICO-PR: Santos, Jonathan, Aguilar, Pedro Henrique e Márcio Azevedo; Geuvânio, Erick, Wellignton e Christian; Fabinho e Lucho González; Técnico: Eduardo Barros

Estatísticas

Foi a vitória da história do CAP na altitude em 8 partidas

O Jorge Wilstermann não entrava em campo desde 14 de março quando jogou pelo Campeonato Boliviano


Próximos jogos:

As duas equipes voltam a jogar no meio da próxima semana pela Libertadores:

  • Quarta-feira, 23/09, 19h15*, Athletico-PR x Colo-Colo

  • Quinta-feira, 24/09, 19h*, Jorge Wilstermann x Peñarol

*Horários de Brasília