<
>

Santos demite o técnico Jesualdo Ferreira

O Santos decidiu demitir o técnico Jesualdo Ferreira nesta quarta-feira, antes do treinamento marcado para essa tarde no CT Rei Pelé. O português tinha contrato até dezembro e será indenizado pela quebra do vínculo.

Jesualdo dirigiu o Santos em 15 partidas, com seis vitórias, quatro empates e cinco derrotas. O aproveitamento foi de 48,9% dos pontos.

O Alvinegro foi eliminado nas quartas de final do Campeonato Paulista para a Ponte Preta e é líder do grupo G na Libertadores da América, com duas vitórias em dois jogos.

O Santos quer definir rapidamente o substituto. Cuca é um dos cotados. O técnico vê o retorno com bons olhos e estaria disponível ainda nessa semana.

Ex-Internacional de Limeira, Elano encontra resistência em parte da diretoria. Rogério Ceni, do Fortaleza, é elogiado, mas a contratação é analisada como improvável. O currículo de Ricardo Catalá, do Mirassol, foi sugerido.

A vinda de um estrangeiro não está descartada, porém, a situação do Brasil diante da pandemia do coronavírus e a necessidade de reorganizar o time para a estreia do Campeonato Brasileiro esfriam a possibilidade.

O Santos enfrentará o Red Bull Bragantino no domingo, na Vila Belmiro.

Leia abaixo a nota oficial do Santos

A direção do Santos Futebol Clube comunica que Jesualdo Ferreira não é mais treinador da equipe profissional. O clube agradece o extremo profissionalismo do técnico durante o tempo em que esteve no comando do Peixe e deseja sorte na continuidade de sua carreira.

Os auxiliares Rui Águas, Antonio Oliveira, Daniel Gonçalves e Pedro Bouças, e o preparador José Pedro Pinto, também não seguem no Santos FC.