<
>

Flamengo: Landim garante não correr risco de perder Torrent como perdeu Jesus: 'Multa muito, mas muito maior'

play
Landim diz que Torrent não deve sair do Flamengo antes do fim do contrato: 'Difícil que qualquer clube do mundo pague essa multa' (3:23)

'A multa que está no contrato dele é muito grande; acho muito difícil que qualquer clube do mundo pague para tirar ele do Flamengo em menos de um ano e meio', explicou o presidente rubro-negro (3:23)

O Flamengo foi pego de surpresa com a saída de Jorge Jesus, mas aprendeu com a situação e está preparado para que isso não se repita com Domènec Torrent, o novo treinador do clube anunciado nesta sexta-feira. E quem diz isso é o presidente rubro-negro, Rodolfo Landim, em conversa exclusiva com Pedro Henrique Torre, repórter dos canais ESPN.

“O que eu posso dizer para a torcida do Flamengo é que eu tenho certeza que isso não ocorrerá. Esse ano e meio que a gente está firmando de contrato com ele, a multa é muito, mas muito maior do que a multa que foi estabelecida no contrato com o Jesus”, disse o mandatário.

“O torcedor do Flamengo pode ficar tranquilo que se for por problema econômico, dificilmente o Domènec vai tomar a decisão de sair. A multa nesse contrato é muito, muito, muito grande. Acho difícil que qualquer clube do mundo pague essa multa para tirar ele do Flamengo antes de um ano e meio”, complementou.

Landim, claro, não entrou em detalhes em relação aos valores. Jorge Jesus tinha uma multa quase que simbólica para o mundo do futebol, de apenas 1 milhão de euros (pouco mais de R$ 6 milhões na cotação atual). Com Domènec, esse valor poderia ser até 40 vezes maior.

“A gente tem que reconhecer que ele é um grande técnico e sempre pode aparecer alguém, algum clube para poder pagar essa multa, mas posso lhe garantir que é uma multa na ordem de grandeza o que seria mais de um ano de salário do técnico mais bem pago do mundo. Então não é uma preocupação que a torcida deve ter, na minha percepção”, disse Landim.

Segundo levantamento da revista France Football, o técnico mais bem pago do mundo atualmente é Diego Simeone, que recebe um total de mais de 40 milhões de euros (R$ 246 milhões) por ano, incluindo bonificações.

Landim ainda voltou a falar de Jorge Jesus e reforçou que a saída do português não teve a ver só com o lado financeiro.

“Na verdade, a gente não tinha expectativa de fato que o Jesus fosse sair. Ele falou para mim no jantar de despedida que o sonho dele era aposentar no Benfica, que não foi o clube que o lançou, mas foi o clube que na verdade ele se envolveu mais, que ele ficou mais famoso. Ele tem uma relação emotiva forte não só com o clube, mas com o presidente... e o contrato que ofereceram para ele permitia a ele chegar aos 70 anos treinando o Benfica, que é a idade que ele havia planejado ser a aposentadoria dele e que ele queria se aposentar no Benfica”, disse.

A expectativa do Flamengo é receber Domènec Torrent na segunda-feira e já tê-lo em campo na terça para preparar o time para a estreia no Brasileirão, diante do Atlético-MG.