<
>

PSG vence Saint-Étienne com gol de Neymar e é campeão da Copa da França; Mbappé sofre lesão feia

O Paris Saint-Germain é campeão da Copa da França pela 13ª vez em sua história!

Nesta sexta-feira, o time da capital bateu o Saint-Étienne por 1 a 0, no Stade de France, em Saint-Dennis, e voltou a levantar o troféu após ser vice na última temporada.

O herói do título foi o atacante Neymar, autor do único gol da partida.

Aos 14 do 1º tempo, ele aproveitou rebote de chute de Mbappé e mandou para o fundo das redes, anotando pela 19ª vez em 23 jogos em 2019/20.

A partida também foi marcada por lances de muita violência por parte do Saint-Étienne, que viu seis dos 11 titulares levarem cartões amarelos.

A equipe alviverde cometeu faltas duríssimas desde o 1º minuto, e, na pior delas, lesionou o tornozelo do atacante Kylian Mbappé, tirando o astro da partida.

Mbappé teve que imobilizar o tornozelo e usar muletas para se movimentar, e agora tornou-se preocupação para os próximos duelos.

Esse é o 2º título do PSG na temporada, já que a equipe também foi campeã do Campeonato Francês, interrompido pelo Governo por causa da pandemia de COVID-19.

O clube controlado com dinheiro do Catar ainda tem chance de levantar mais dois troféus até o encerramento de 2019/20.

O 1º é a Copa da Liga Francesa, cuja final será na próxima sexta-feira, contra o Lyon, novamente no Stade de France.

Depois, o PSG também luta para ganhar a Uefa Champions League pela 1ª vez em sua história.

O adversário nas quartas de final é a Atalanta, da Itália, que vive momento espetacular e é atualmente vice-líder da Serie A.

O confronto de ida está marcado para 12 de agosto.

Ficha técnica

Paris Saint-Germain 1 x 0 Saint-Étienne

GOLS: Paris Saint-Germain: Neymar

PARIS SAINT-GERMAIN: Keylor Navas; Kehrer, Thiago Silva, Marquinhos e Bakker; Gueye, Paredes (Verratti) e Di María; Neymar, Mbappé (Sarabia) e Icardi Técnico: Thomas Tuchel

SAINT-ÉTIENNE: Moulin; Debuchy (Krasso), Fofana, Perrin e Kolodziejczak; M'Villa, Camara (Neyou) e Boudebouz (Nordin); Maçon (Moukoudi), Bouanga e Hamouma (Khazri) Técnico: Claude Puel

Estatísticas

19º gol de Neymar em 23 jogos pelo PSG na temporada

gol de Neymar 6 jogos de Copa da França na carreira

Neymar fez gol nos 3 jogos que disputou contra o Saint-Étienne na temporada

expulsão de Perrin na temporada pelo Saint-Étienne

O 1º tempo teve 7 cartões amarelos e 1 vermelho

13º título do Paris Saint-Germain na Copa da França

título do Paris Saint-Germain na temporada 2019/20


PRIMEIRO TEMPO QUENTE!

A primeira metade da final pegou fogo, com muitas chances de gols e confusão entre as equipes.

Logo aos 5 minutos, Bouanga teve chance claríssima e abrir o placar para o Saint-Étienne, mas seu chute carimbou a trave.

A resposta do PSG, porém, foi fatal: Mbappé bateu forte e o goleiro Moulin fez grande defesa. No rebote, porém, Neymar mandou para dentro e abriu o placar.

Na sequência, a partida ficou completamente insana, com as duas equipes perdendo oportunidades claríssimas e os goleiros brilhando.

Nos principais momentos, Moulin fez milagre para salvar bomba de Di María, enquanto Keylor Navas impediu duas vezes que Bouanga empatasse.

E, aos 26 minutos, os dois times explodiram depois que o zagueiro Perrin deu carrinho violentíssimo em Mbappé.

Uma confusão generalizada se formou, e o árbitro distribuiu cartões amarelos para as duas equipes, deixando vários atletas pendurados.

Até o volante Verratti, que estava no banco de reservas, acabou amarelado.

Após analisar o VAR, ele ainda expulsou Perrin de forma direta, enquanto Mbappé teve que pedir substituição.

Por conta dessa bagunça, a etapa inicial acabou tendo sete minutos de acréscimo.


SEGUNDO TEMPO MORNO...

Na 2ª etapa, o técnico do Saint-Étienne, Claude Puel, teve que fazer mudanças de cara para tirar seus jogadores amarelados, evitando assim mais expulsões.

Chamou a atenção o espírito combativo da equipe alviverde, que orgulhou seus torcedores ao tentar pressionar o PSG mesmo em desvantagem numérica.

A qualidade técnica superior dos parisienses, porém, ficou evidente, com os comandados de Thomas Tuchel mantendo o controle da posse de bola.

Nos contra-ataques, o Paris criava as chances mais claras, como aos 27, quando Neyma deixou Sarabia na cara de Moulin, mas o goleiro pegou bem.

"Ney" ainda criou várias outras oportunidades para seus companheiros com passes açucarados, mas ninguém conseguiu aproveitar.

Desta forma, o jogo acabou mesmo no 1 a 0, com o PSG sagrando-se campeão.


Próximos jogos

As duas equipes voltam a campo nos próximos dias.

  • Sexta-feira, 31/07, 16h10*, PSG x Lyon, Copa da Liga

  • Segunda-feira, 27/07, Troyes x Saint-Étienne, Amistoso

*horário de Brasília