<
>

Jorge Jesus aceita oferta do Benfica e encerra passagem pelo Flamengo

Acabou a "Era Jorge Jesus" no Flamengo.

Nesta sexta-feira, o treinador aceitou a proposta do Benfica e decidiu voltar para Portugal após a passagem de pouco mais de um ano pelo Fla. A informação foi dada primeiro pela TVI, de Portugal, e confirmada no início da noite pelo clube, em nota oficial (leia o texto na íntegra mais abaixo).

O contrato com o clube português será de três temporadas, ao valor de 6 milhões de euros brutos (cerca de R$ 36,6 milhões na cotação atual) em cada uma. Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica e amigo pessoal do Mister, foi fundamental na escolha do treinador.

Jesus deve retornar a Portugal entre segunda e terça. O treinador ainda irá se manifestar sobre a saída da Gávea em suas redes sociais.

O desejo do treinador foi formalizado em encontro com o vice de futebol, Marcos Braz, na tarde desta sexta-feira. O clube, que tentou uma última cartada para segurar o Mister, mas não teve sucesso, emitiu um comunicado para agradecer o comandante dos títulos brasileiro, carioca e da Libertadores. Jorge Jesus deve se manifestar apenas em redes sociais.

Pesaram, além do lado financeiro, a saudade do convívio diário com a família - impedida de vir a Brasil em meio à pandemia - e a promessa de que o Benfica terá uma equipe forte para lutar não só pelo Campeonato Português, mas também fazer um papel digno na Champions League e ao menos alcançar as quartas de final. Além disso, a instabilidade do calendário sul-americano e a consequente incerteza se poderia disputar um Mundial de Clubes o fizeram decidir voltar para a Europa.

Jorge Jesus vai levar quase toda sua comissão técnica neste retorno ao Benfica: os auxiliares João de Deus e Tiago Oliveira, os preparadores físicos Mário Monteiro e Márcio Sampaio, os analistas Gil Henriques e Rodrigo Araújo. Evandro Motta, mental coach e o único brasileiro, não segue para o país.

O contrato recém-renovado de Jorge Jesus com o Flamengo até junho de 2021 previa um acordo de 3,5 milhões de euros brutos. A cláusula de rescisão aponta que até janeiro de 2021 o valor a ser pago por uma das partes que decidir romper o vínculo é de 50% do valor ainda restante do contrato. A partir de fevereiro, o valor cai para 500 mil euros.

A novela de saída de Jorge Jesus foi marcada por grande indecisão. O treinador, mais comedido do que de costume no Ninho do Urubu nos últimos dias, recusou uma primeira investida, mas, com o assédio mais forte, ficou em dúvida.

Na véspera da finalíssima do Carioca com o Fluminense, o treinador indicou aos mais próximos que deveria permanecer no Brasil. O otimismo de um Flamengo quase resignado com a saída cresceu nos bastidores. Mas a maré lusitana voltou a ser dura rival para os rubro-negros. Nesta sexta-feira, o martelo foi batido, e o técnico vai deixar o Flamengo com mais títulos - cinco - do que derrotas em sua passagem.

Nem mesmo um pacto entre Jesus e os jogadores, de voltar a disputar o Mundial de Clubes, o segurou no Brasil. A pandemia de COVID-19 paralisou o calendário do futebol pelo mundo e prejudicou o plano.

Sob seu comando, o Flamengo foi campeão brasileiro após dez anos, venceu a Copa Libertadores pela segunda vez na história e faturou também a Supercopa do Brasil, a Recopa Sul-Americana e, por último, o Carioca.

Os únicos títulos não conquistados por Jesus, entre as competições que disputou, foram a Copa do Brasil e o Mundial de Clubes, ambos em 2019, quando o Flamengo foi eliminado por Athletico-PR e Liverpool, respectivamente.

Ao todo, Jorge Jesus dirigiu o Fla em 57 jogos, com 43 vitórias, 10 empates e quatro derrotas, aproveitamento de 81,2%.

Confira a nota oficial do Flamengo:

O Clube de Regatas do Flamengo informa que, em reunião realizada na tarde desta sexta-feira (17), o técnico Jorge Jesus comunicou que, exercendo seu direito contratual, está se desligando do Clube para voltar para Portugal. Apesar de lamentar a perda de seu vitorioso técnico, o Flamengo respeita esta decisão pessoal.

Nos 13 meses que Jorge Jesus dirigiu nosso time de futebol profissional, o Flamengo teve uma performance espetacular, conquistando a Copa Libertadores (2019), o Campeonato Brasileiro (2019), a Supercopa do Brasil (2020), a Recopa Sul-Americana (2020), a Taça Guanabara (2020) e, na última quarta-feira (15), o Campeonato Carioca (2020).

Em nome de toda a diretoria e dos 42 milhões de rubro-negros que formam a Maior Torcida do Mundo, o nosso maior agradecimento a ele e toda sua comissão técnica por tudo o que foi feito e o nosso desejo que continuem mantendo o enorme sucesso como tiveram conosco.

O Flamengo, seguindo o que seu hino preconiza - e que tão bem Jorge Jesus representou - continuará no seu objetivo de sempre: Vencer, vencer, vencer!