<
>

Newcastle: Joelinton fala sobre a dureza da Premier League, pressão de 'gente grande' e até brinca com o inglês

play
Joelinton comenta pressão e cobrança que sofreu por ser a maior contratação do Newcastle: 'Recebi respaldo' (1:35)

Atacante brasileiro do Newcastle concedeu entrevista exclusiva a Natalie Gedra (1:35)

Joelinton "renasceu". O brasileiro de sotaque ainda bem vivo do país está frequentemente lidando com a pressão. Maior contratação da história do Newcastle (R$ 170 milhões), ele sentiu na pele a dureza de atuar na Premier League.

Entrevistado de forma exclusiva por Natalie Gedra, correspondente dos canais ESPN na Inglaterra, o brasileiro falou da experiência em solo inglês, as diferenças para a Bundesliga e, claro, a pressão de jogar num time em que é "somente" o jogador mais caro da história.

"Sabia que a pressão ia ser grande quando vim pra cá por ser a contratação mais cara do clube. No começo, não foi fácil, ficar tantos jogos sem marcar, torcida cobrava, mas sempre continuei trabalhando forte e tive o respaldo do meu treinador e companheiros".

play
1:35

Joelinton comenta pressão e cobrança que sofreu por ser a maior contratação do Newcastle: 'Recebi respaldo'

Atacante brasileiro do Newcastle concedeu entrevista exclusiva a Natalie Gedra

Aos 23 anos, Joelinton tem cinco gols pelo time inglês. Os números não são os melhores, mas o sinal reconfortador chegou no fim de semana. Vitória de 3 a 0 sobre o Sheffield e com a bola na rede.

"Trabalhei muitas finalizações (durante a parada), estava me sentindo mais tranquilo e fui feliz podendo marcar o gol no final. Nos preparamos bem para a volta. Não foi um momento fácil, tanto tempo parado. Gostaria de seguir jogando, que não tivesse a paralisação, mas o momento pedia isso. Pude pensar e analisei alguns jogos".

E parte da dificuldade de adaptação na Premier League veio por conta das diferenças da liga inglesa para a Bundesliga, onde foi destaque pelo Hoffenheim antes de se transferir ao Newcastle.

"Campeonato muito difícil. Os defensores são muito fortes. Senti um pouco disso, é diferente da Alemanha. Agora tem mais gente no ataque, jogadores perto, o que me ajuda. Estou feliz e espero acabar bem essa temporada".

O atacante elogiou a confiança que Steve Bruce, técnico do Newcastle, o passou e até "cornetou" a torcida do clube.

"Quando ele chegou, veio com muita pressão, uma parte da torcida não queria, por conta de trabalhos antigos dele. Um cara legal, trabalhador, mas que cobra e é amigo, sempre com uma palavra de força. A torcida agiu de uma maneira errada com ele logo que chegou. Está dando seu melhor. Para mim, é um grande treinador".

Mas mais difícil que lidar com a pressão da torcida talvez seja aprender o idioma. No entanto, Joelinton "tira de letra".

play
0:44

Joelinton brinca com Natalie Gedra sobre aprender inglês e diz: 'Se os gols continuarem saindo tem que dar entrevista melhor'

Atacante brasileiro do Newcastle concedeu entrevista exclusiva a Natalie Gedra

"Estou aprendendo, já entendo bastante, mas para falar é difícil. Estava tendo aula e comentei com a professora e ela falou para treinarmos mais, porque se os gols continuarem saindo, a gente pode dar entrevista melhor (risos)".

"O objetivo é se manter na Premier League, conseguir a pontuação e quem sabe buscar uma posição melhor no campeonato. Na Copa (da Inglaterra), temos um jogo difícil contra o Manchester City, mas tudo pode acontecer e quem sabe chegar numa final. É o caminho mais curto para um título. Espero continuar fazendo gols", completou.

Joelinton segue em busca dos gols. Falando inglês, elogiando os companheiros, fazendo gols e, claro, sempre com um sorriso no rosto.