<
>

Bundesliga: Borussia Dortmund bate o Hertha Berlin e ainda se mantém no encalço do Bayern

Em um jogo que precedido por um protesto contra o racismo e jogadores ajoelhados, o Borussia Dortmund começou devagar, mas voltou mais aceso para o segundo tempo.

Precisava vencer o Hertha Berlin, afinal. Ou a tarefa de pegar o líder da Bundesliga, o Bayern de Munique, de extremamente difícil, passaria para seguramente impossível.

Com um gol de Can, aos 12 da segunda etapa, o time da casa garantiu o 1 a 0 que sustentou até o final e mantem-se a uma distância de sete pontos do ponteiro.

O resultado mantém também um tabu pessoal de Lucien Favre, que não perde para o rival há mais de uma década.

Ficha técnica

Borussia Dortmund 1 x 0 Hertha Berlin

GOLS: Borussia Dortmund: Emre Can

HERTHA BERLIN: Jarstein, Pekarík, Boyata, Torunarigha, Mittelstädt, Grujić, Skjelbred, Lukebakio, Darida, Dilrosun, Ibišević Técnico: Brun Labbadia

BORUSSIA DORTMUND: Bürki, Piszczek, Emre Can e Akanji, Hakimi, Witsel, Delaney e Guerreiro; Brandt, Hazard e Sancho Técnico: Lucien Favre

Estatísticas

Hummels suspenso com 5 amarelos, foi importante desfalque no Dortmund

O Dortmund chutou 5 vezes a gol na 1ª etapa. Acertou o gol ZERO vez

Já o Hertha, bateu 1 só - mas acertou o alvo.

Sancho é o artilheiro do Dortmund na Bundesliga com 17 gols, além de somar 16 assistências. Ele é o único jogador nas cinco grandes ligas europeias com 15 gols e 15 assistências.

O Dortmund marcou gols nos últimos 28 jogos em casa contra o Hertha

Foi em 1969 o último 0 a 0 entre os dois em Dortmund.

gol de Emre Can na Bundesliga


Veja protesto antes da partida

Haaland fez falta

Nada contra Sancho, mas sem Haaland, o Dortmund altera muito sua maneira de jogar.

Ainda que o jovem grandalhão não tenha voltado da pausa devido à pandemia com a mesma qualidade de quando parou, o time tem uma maneira de jogar que abraço o estilo de Haaland.

Isso explica um pouco da dificuldade da equipe de criar perigo.


Brandt assistente

A assitência para o gol de Can foi nada menos que a sétima de Brandt na Bundesliga.

O jogador, aliás, foi um dos mais conscientes e ativos do Dortmund, que fez um primeiro tempo muito aquém do esperado.

Após o gol, porém, Brandt também viu seu ritmo cair um pouco.


Brasileiro fez falta

Sem Matheus Cunha, o Hertha sofreu demais.

A dinâmica do ataque de Berlim perde muito em articulação e dinâmica de jogo sem ele.

E, principalmente, perde muito poder de fogo.

Para piorar, Labbadia perdeu Dilsrosun.

Com o veterano Ibisevic no comando do ataque, o Hertha não foi sombra do que vinha sendo.


Labbadia, pela primeira vez

Essa foi a primeira derrota do técnico Bruno Labbadia no comando do Hertha.

Nos últimos cinco jogos, o treinador somava quatro vitórias e um empate,


Classificação

- Hertha Berlin: 9º lugar, com 38 pontos
- Borussia Dortmund: 2º lugar, com 63 pontos


Próximos jogos

As duas equipes voltam a campo no sábado.

  • Sábado, 13/6, 9h30, contra o Fortuna Dusseldorf

  • Sábado, 13/6, 9h30, contra o Eintraich Frankfurt

*horário de Brasília