<
>

Governo proíbe eventos esportivos até setembro, e Campeonato Francês é encerrado

play
Gian explica única questão que não o deixa afirmar que Neymar já é maior que Kaká (1:30)

'Para você ser grande, é legal você ser querido de verdade' (1:30)

A temporada 2019/20 do futebol francês está oficialmente encerrada.

Nesta terça-feira, o ministro do Esporte da França, Edouard Philippe, anunciou que eventos esportivos estão proibidos no país pelo menos até setembro.

Em uma coletiva do Governo no qual foram detalhados os planos de flexibilização da quarentena durante a pandemia de coronavírus, Philippe confirmou que aglomerações seguirão barradas por motivos de saúde, o que inviabiliza a continuidade da temporada de futebol.

"Grandes eventos esportivos não irão voltar a acontecer antes de setembro. E a temporada 2019/20, principalmente para o futebol, não poderá voltar a acontecer", salientou.

A decisão do Goveno encerra as esperanças da Ligue 1 e da Ligue 2 de voltarem aos treinos em maio, aguardando um possível retorno dos jogos (com portões fechados) em junho.

Além disso, o fato cria enorme pressão para clubes como Paris Saint-Germain e Lyon, que ainda estão vivos na Champions League, mas já sabem que não poderão jogar em território francês, caso o torneio da Uefa seja retomado.

Agora, a LFP (Liga de Futebol Profissional da França) e a FFF (Federação Francesa de Futebol) terão que definir se a temporada 2019/20 terá campeão ou não.

Além disso, as entidades devem definir questões como rebaixamento, acesso e classificação para os torneios europeus.

Por fim, as organizações também têm que avaliar se será de fato possível retomar o futebol em agosto.