<
>

Jogador do Montpellier, Junior Sambia sai do coma induzido e respira sozinho após contrair coronavírus

play
Com a camisa do Sheffield, torcedor vence coronavírus, é ovacionado pelos médicos e se emociona (0:30)

'Túnel de palmas' foi formado para receber o torcedor que ostentava camisa de Billy Sharp (0:30)

Primeiro jogador do Campeonato Francês a ser diagnosticado com coronavírus, o volante do Montpellier Salomon Sambia, também conhecido como Junior, não está mais em estado de coma induzido e já respira sem a ajuda de aparelhos.

O jogador de 23 anos apresentou sintomas da doença e foi internado no hospital Clinique du Parc. Nos últimos dias, o volantes francês apresentou problemas digestivos e respiratórios e os sintomas se agravaram.

Com isso, Sambia precisou ser transferido para a unidade de terapia intensiva. Durante o tratamento, os médicos decidiram parar de dar analgésicos aos jogador. Em seguida, optaram por colocá-lo em estado de coma induzido.

Frédéric Guerra, empresario do jogador, disse à imprensa francesa que o processo de tratamento ainda será longo, mas afirmou que Sambia já está conseguindo respirar sozinho.

A situação de Sambia fez com que os organizadores da Ligue 1 começassem a repensar a possibilidade de um retorno das atividades nas próximas semanas. A princípio, a liga trabalha com a ideia de retomar os treinos no dia 11 de maio e retomar os jogos no final do mês.

O técnico do Montpellier, Michel Der Zakarian, disse que preferia esperar e retomar o futebol a partir da próxima temporada, quando os riscos já tiverem diminuído. Entretanto, afirmou que, mesmo não concordando, vai acatar a decisão que for tomada pelos organizadores.