<
>

Flamengo: 'vítima' da paralisação, bilheteria do clube em 2020 está em 21% da meta

O Flamengo divulgou nesta terça-feira o balanço financeiro da temporada 2019. Diante da pandemia do coronavírus o documento informa que a diretoria do clube fez um chamado "teste de estresse" em um cenário de três meses de paralisação do futebol. A conclusão foi de que os impactos financeiros seriam "absorvíveis" neste quadro. Mas com uma ressalva: a receita de bilheteria. No orçamento para 2020, o Flamengo apontou uma previsão de arrecadar R$ 108 milhões em seus jogos. Até o momento, o clube atingiu aproximadamente 21% da meta.

"Acredita-se que a situação é transitória e que as receitas do clube, com exceção de bilheteria não sofrerão alterações significativas neste período, podendo ser compensados ainda ao longo do ano", cita o relatório rubro-negro.

Em 2020 o Flamengo já disputou 13 jogos no Maracanã e arrecadou exatos R$ 23.171.003,50. A conta foi impulsionada pelas partidas de competições sul-americanas no estádio. Apenas contra Independiente del Valle, na decisão da Recopa, e contra o Barcelona de Guayaquil, na estreia em casa pela Libertadores, somou R$ 9,8 milhões. O restante chegou nos 11 jogos pelo Campeonato Carioca no estádio. Mas um deles, diante da Portuguesa, já foi prejudicado pela pandemia do coronavírus e acabou disputado de portões fechados.

A expectativa otimista no fim 2019 era de R$ 97 milhões arrecadados, mas a campanha quase impecável do Flamengo na temporada fez o número subir ainda mais. O clube arrecadou R$ 109 milhões com os jogos que fez no Maracanã.

Deste total, o Campeonato Carioca conquistado pelos rubro-negros foi responsável por apenas R$ 16 milhões em bilheteria.

Neste ano, com o time em lua de mel com a torcida e sem a possibilidade de acompanhar as transmissões pela TV, a soma já chega a R$ 13,3 milhões no Estadual, mesmo com a competição suspensa no meio da fase de grupos da Taça Rio.

Desta maneira, o Flamengo teria ainda de arrecadar cerca de R$ 83 milhões no restante da atual temporada para atingir a meta ousada estabelecida. Tarefa, mesmo, de outro patamar.