<
>

Primeiro Gre-Nal da Libertadores protagoniza briga generalizada e termina com oito expulsos

Grêmio e Internacional protagonizaram cenas lamentáveis no fim de seu primeiro duelo na história da Copa Libertadores.

Com 43 minutos do segundo tempo, Moisés e Pepê se estranharam na ponta direita, e logo em seguida Edenílson enforcou Luciano, que respondeu na mesma moeda. Os quatro foram expulsos no ato.

Então, o clima fechou.

Entre titulares e reservas, jogadores das duas equipes trocaram empurrões, chutes e socos, e a briga durou por cerca de três minutos.

Após muita conversa entre a equipe de arbitragem, o argentino Fernando Rapallini deu mais quatro cartões vermelhos, para Caio Henrique, Cuesta, Paulo Miranda e Praxedes, fechando em oito expulsos.

O jogo voltou a rolar após nove minutos parado.