<
>

Santos cobra mais de R$ 21 milhões do Barcelona por 'furo' em amistoso, diz jornal

As consequências da contratação de Neymar pelo Barcelona seguem dando o que falar. De acordo com o jornal El Mundo, o Santos cobra 4,5 milhões de euros (R$ 21,19 milhões) por conta do não cumprimento de uma das cláusulas do contrato.

Na negociação, Barcelona e Santos acertaram que aconteceriam dois amistosos, com a presença do jogador brasileiro em ambos. Somente um jogo aconteceu - o Troféu Joan Gamper, de 2013, em que o Barça venceu por 8 a 0. O 2º amistoso deveria acontecer no Brasil.

Nos últimos anos, o Santos já enviou a reclamação pedindo o dinheiro. Por conta da saída de Neymar do Barcelona, uma das condições da negociação já não existe mais. Com isso, o time paulista mostrou ainda mais sua vontade de receber o dinheiro acordado.

Além disso, o Santos clama por cerca de 8,9 milhões de euros (R$ 41,9 milhões), 5% do valor da venda do brasileiro ao PSG, ainda em 2017.

Em janeiro, os advogados do clube paulista deram cinco dias de prazo para o Barça efetuar o pagamento. Também pediram que os espanhóis arquem com todo o custo judicial gasto pelo Santos.

Esse não é único caso de problemas envolvendo as partes. Em junho de 2019, Neymar e Barcelona já estavam sendo protagonistas em uma denúncia em que o jogador, o seu pai, o presidente do clube catalão, Josep María Bartomeu, e o ex-presidente, Sandro Rosell, foram processados por "condutas criminais enganosas".

Em 2016, outro fato marcou a relação entre clube e jogador. A Audiência de Barcelona indiciou a equipe por suposta fraude de 13 milhões de euros (R$ 61,2 milhões), que o Barça admitiu e foi condenado a pagar 5,5 milhões de euros (R$ 25,8 milhões).