<
>

Premier League: Everton dispara com Ancelotti, derruba até o City e só não é melhor que o Liverpool

O Everton sob o comando de Carlo Ancelotti transformou-se. Se não joga um futebol de encher os olhos, o time com o italiano é bem diferente na atitude e muito mais competitivo em relação àquele do ex-técnico Marco Silva, demitido no final do ano passado.

A evolução com o novo comandante, de 60 anos e anunciado em 21 de dezembro, é tanta que a equipe é a segunda melhor de toda a Premier League, à frente até do badalado Manchester City, bicampeão nacional, se levados em conta os últimos oito jogos que cada agremiação fez na disputa.

É o que mostra levantamento feito pelo ESPN.com.br, no qual só o até agora imbatível e insaciável Liverpool, de Jurgen Klopp, está acima do time que tem os brasileiros Richarlison e Bernard - o artilheiro da 'era Ancelotti', no entanto, é o inglês Calvert-Lewin, com seis gols. A equipe vermelha levou 24 dos últimos 24 pontos que disputou - incríveis 100% de aproveitamento.

Com Ancelotti, cuja estreia foi em 26 de dezembro, em duelo contra o Burnley, o Everton tem cinco vítórias, dois empates e apenas uma derrota na Premier League. Um total de 17 pontos ganhos dos 24 pelos quais brigou, logo, índice de 70,8%.

O City, de Pep Guardiola, ganhou 16 dos últimos 24 disputados na liga nacional, o que lhe dá 66,6% de aproveitamento, o terceiro melhor resultado ao lado do... Southampton.

Mas o Everton não tem nove partidas com Ancelotti no banco? Sim, mas esta que não entra na conta foi pela Copa da Inglaterra, em que o clube acabou eliminado pelo rival Liverpool por 1 a 0, em 5 de janeiro.

De Marco Silva a Ancelotti, quanta diferença

Demitido em 5 de dezembro, um dia após sofrer goleada por 5 a 2 para o Liverpool pela 15ª rodada, Marco Silva deixou o Everton na vexatória 18ª posição, a primeira na zona de rebaixamento da Premier League.

Com o português de 42 anos, foram quatro vítórias, dois empates e nove derrotas, que resultaram em só 14 pontos ganhos de 45 disputados. Um aproveitamento pobríssimo de 31,1%.

O escocês Duncan Ferguson assumiu de forma interina e conseguiu, em uma sequência difícil contra Chelsea, Manchester United e Arsenal, sair invicto e ganhar cinco dos nove pontos pelos quais brigou (55,5% de índice).

Ancelotti tomou as rédeas com o time no 15º lugar.

Hoje, oito partidas depois sob novo comando, o Everton, que já jogou pela 26ª rodada no último fim de semana - e venceu -, é sétimo colocado com 36 pontos e só pode ser ultrapassado por Manchester United e Wolverhampton, ambos com 35 - veja a classificação completa.

Sonho possível

Logo, os Toffees no máximo fecharão a jornada na nona posição. Um ganho de seis postos que já permite ao clube sonhar com vaga em competições europeias na próxima temporada.

Algo nada impossível já que neste momento o quinto colocado - e que levaria a vaga na Liga Europa - é o Sheffield United, com 39 pontos.

O Chelsea, quarto na tabela, soma 41.

O Everton agora só voltará a campo pela Premier League no dia 23 de fevereiro, pela 27ª rodada, quando visitará o Arsenal, em Londres. No primeiro turno, 0 a 0 em Goodison Park, com o interino Ferguson no comando.

Nova chance para o time de Ancelotti seguir mostrando que, de fato, é outro.

O Everton na Premier League 2019/2020

- Com Marco Silva - 15 jogos, 14 pontos ganhos, aproveitamento de 31,1%

- Com Duncan Ferguson (interino) - 3 jogos, 5 pontos ganhos, aproveitamento de 55,5%

- Com Carlo Ancelotti - 8 jogos, 17 pontos ganhos, aproveitamento de 70,8%

Pontos ganhos e aproveitamento nos últimos 8 jogos de Premier League

1 - Liverpool - 24 de 24 pontos (100% de aproveitamento)
2 - Everton - 17 de 24 pontos (70,8%)
3 - Manchester City e Southampton - 16 de 24 pontos (66,6%)
4 - Chelsea e Watford - 12 de 24 pontos (50%)
5 - Sheffield United, Tottenham e Wolverhampton - 11 de 24 pontos (45,8%)
6 - Aston Villa, Burnley, Leicester e Manchester United - 10 de 24 pontos (41,6%)
7 - Arsenal e Newcastle - 9 de 24 pontos (37,5%)
8 - Bournemouth, Brighton e Hove e Crystal Palace - 7 de 24 pontos (29,1%)
9 - Norwich City - 6 de 24 pontos (25%)
10 - West Ham - 5 de 24 pontos (20,8%)