<
>

Gabigol, do Flamengo, é eleito 'Rei da América' pelo jornal El País

Gabigol colocou mais um prêmio na sua prateleira na manhã desta terça-feira (31). O jornal El País, do Uruguai, elegeu o atacante do Flamengo como o ‘Rei da América’, ou seja, o melhor jogador do continente na temporada de 2019.

A votação do prêmio foi realizada por 372 jornalistas da área esportiva e 45% deles votaram em Gabriel. O elenco do Flamengo, como esperado, foi dominante entre os candidatos. Bruno Henrique (22%) e Arrascaeta (11%) ficaram, respectivamente, na segunda e na terceira posição.

Essa foi a 34ª edição do ‘Rei da América’, que começou em 1986. O último brasileiro a sair com o título antes de Gabigol foi Luan, hoje do Corinthians, em 2017, quando conquistou a Copa Libertadores com o Grêmio.

Além do trio flamenguista, Éverton Cebolinha (Grêmio), Daniel Alves (São Paulo), Yeferson Soteldo (Santos), Filipe Luis (Flamengo) e Paolo Guerrero (Internacional) tamb[ém receberam votos.

O time rubro-negro não só conquistou o Campeonato Brasileiro na temporada, como saiu com o título da Copa Libertadores da América.

Lista de vencedores do prêmio

2019 - Gabriel Barbosa (Brasil/Flamengo)

2018 - Gonzalo “Pity” Martínez (Argentina/River Plate)

2017 - Luan (Brasil/Grêmio)

2016 - Miguel Borja (Colômbia/Atlético Nacional)

2015 - Carlos Sánchez (Uruguai/River Plate)

2014 - Téo Gutiérrez (Colômbia/River Plate)

2013 - Ronaldinho Gaúcho (Brasil/Atlético)

2012 - Neymar (Brasil/Santos)

2011 - Neymar (Brasil/Santos)

2010 - D’Alessandro (Argentina/Internacional)

2009 - Juan Sebastián Verón (Argentina/Estudiantes)

2008 - Juan Sebastián Verón (Argentina/Estudiantes)

2007 - Salvador Cabañas (Paraguai/América-MEX)

2006 - Matias Fernández (Chile/Colo Colo)

2005 - Carlitos Tévez (Argentina/Corinthians)

2004 - Carlitos Tévez (Argentina/Boca Juniors)

2003 - Carlitos Tévez (Argentina/Boca Juniors)

2002 - José Cardozo (Paraguai/Atlas)

2001 - Juan Roman Riquelme (Argentina/Boca Juniors)

2000 - Romário (Brasil/Vasco)

1999 - Javier Saviola (Argentina/River Plate)

1998 - Martín Palermo (Argentina/Boca Juniors)

1997 - Marcelo Salas (Chile/River Plate)

1996 - José Chilavert (Paraguai/Vélez Sarsfield)

1995 - Enzo Francescoli (Uruguai/River Plate)

1994 - Cafu (Brasil/São Paulo)

1993 - Valderrama (Colômbia/Junior Barranquilla)

1992 - Raí (Brasil/São Paulo)

1991 - Oscar Ruggeri (Argentina/Vélez Sarsfield)

1990 - Raúl Amarilla (Paraguai/Colômbia)

1989 - Bebeto (Brasil/Vasco)

1988 - Rúben Paz (Uruguai/Racing)

1987 - Valderrama (Colômbia/Deportivo Cali)

1986 - Alzamendi (Uruguai/River Plate)