<
>

Jornal de Liverpool dá nota 8 a Firmino, exalta Alisson por parar Gabigol, mas elege outro como melhor da final

O Flamengo foi valente e bateu de frente com o Liverpool, mas foi derrotado por 1 a 0. O gol do título mundial veio dos pés de Roberto Firmino, na prorrogação.

Apesar de ser o grande herói da competição, com um gol decisivo no final da semi e outro na final, o atacante brasileiro não foi o melhor da competição segundo a Fifa, e também não foi o melhor do jogo contra o Flamengo segundo o Liverpool Echo, jornal da cidade.

Com uma nota 8, Firmino foi exaltado: "Começou com força, mas foi infeliz na abertura do primeiro tempo. Ficou quieto, mas chegou novamente no segundo tempo, com azar de acertar o lado de dentro da trave. Depois apareceu com o gol vencedor. Reservado para sua celebração."

Entretanto, teve uma nota 9: Jordan Henderson, o capitão que levantou a taça. "Forneceu boa cobertura para a defesa e cobriu muito terreno. Entrou em seu próprio segundo tempo, e deu uma bola brilhante para iniciar a jogada do gol. Excepcional."

A linha de defesa foi muito elogiada, com todos os cinco, incluindo Alisson, recebendo a nota 7, exceto por Joe Gomez, 8.

O goleiro brasileiro foi criticado por um passe ruim que quase virou gol, mas exaltado por parar Gabigol em uma linda defesa.

Alexander-Arnold recebeu muitos elogios por sua atuação ofensiva, mas grande atuação de Bruno Henrique nas suas costas pesou em sua performance. O mesmo atacante do Flamengo foi fundamental ao definir a nota de Gomez, o melhor avaliado entre os defensores por causa da travada que deu no camisa 27 do Flamengo em chance clara de gol.