<
>

Breaking Bad, barba, Vikings: zagueirão do City capricha nas tatuagens para ficar 'com cara de mau'

Você gosta de seriados? Nicolás Otamendi, zagueiro do Manchester City, também. E muito.

O líder Liverpool e o vice Manchester City se encontram neste domingo, a partir das 13h Brasília), em Anfield, pela Premier League, com transmissão ao vivo na ESPN Brasil e no WatchESPN, além de acompanhamento em tempo real em vídeo no ESPN.com.br.

Ele gosta tanto que resolveu colocar a sua paixão na pele. Literalmente.

Nesta semana, depois do empate com a Atalanta pela Champions League, o argentino, ex-Atlético-MG, chamou a atenção pelo corpo tatuado.

No peito, um leão e um urso. Na perna, o rosto de Jesus Cristo. Nos braços, imagens e frases bíblicas, além de inúmeras referências aos familiares. Mas, nas costas...

Estão lá: à esquerda, o Rei Ragnar Lothbrok, personagem do ator Travis Fimmel na série “Vikings”. No centro e à direita, o lendário Walter White, interpretado por Bryan Cranston, o “cara” de “Breaking Bad”. Mais abaixo, o ator Cillian Murphy, ou melhor, Tommy Shelby, o principal de outro seriado, “Peaky Blinders”.

“As pessoas sempre me perguntam sobre as minhas tatuagens. Fiz a primeira quando eu tinha 14 anos, e cada uma tem um significado para mim. Meu irmão e meus filhos estão ali. E o rosto da minha avó também. Mas quando eu vejo uma imagem que me encanta, eu faço mais uma”, disse, ao jornal “The Independent”, em 2016.

“Acho que a aparência pode ser um fator com os árbitros, dependendo da sua personalidade e da maneira como você joga. Mas, sim, a barba e as tatuagens ajudam a ter uma imagem mais agressiva.”

Qual será a próxima tatuagem de Otamendi?