<
>

Cruzeiro: Polícia Federal agora investiga desvio de dinheiro no departamento jurídico, diz TV

As investigações criminais no Cruzeiro ganharam um novo capítulo neste domingo. Segundo reportagem da jornalista Gabriela Moreira, exibida no Esporte Espetacular, da TV Globo, a Polícia Federal agora averigua desvio de dinheiro no departamento jurídico do clube.

De acordo com a reportagem, suspeita-se que o advogado Ildeu da Cunha Pereira Sobrinho, conselheiro do clube que também presta serviços ao Cruzeiro, utilize “mecanismo de ocultação” para repassar valores a Fabiano Oliveira da Costa, atual diretor jurídico do time celeste.

O departamento jurídico do Cruzeiro contrataria Ildeu para prestar serviços e o pagaria por isso. Posteriormente, Ildeu repassaria parte do valor recebido a um dos homens que o contratou, Fabiano. É o que indicam trocas de mensagens interceptadas pela polícia.

Em abril de 2018, Ildeu emitiu uma nota fiscal cobrando R$ 43 mil do Cruzeiro por serviços prestados. Depois, ele orienta um dos funcionários de seu escritório a dividir o valor recebido com Fabiano.

“40 para ele e três para o escritório”, dizia a mensagem.

A quantia foi repassada pelo escritório de Ildeu para sua esposa, Laryssa Kar Zan Cunha Pereira. No campo de observação da transferência, constava a palavra “Fabiano”.

Nas planilhas de contabilidade do escritório de Ildeu, retiradas de um computador apreendido pela Polícia Federal, é possível notar valores superiores a R$ 300 mil num ano repassados a alguém identificado como “Fabiano (CEC)”, sigla de Cruzeiro Esporte Clube.

As operações Capitu e Escobar da Polícia Federal chegaram a prender Ildeu em junho deste ano.

Em resposta à reportagem, Fabiano afirmou que recebeu um só depósito da mulher de Ildeu, no valor de R$ 60 mil, como pagamento de um empréstimo que havia feito ao advogado.

Segundo o Esporte Espetacular, a Polícia Federal ainda não quebrou o sigilo bancário dos investigados.

Em nota oficial, o Cruzeiro se posicionou:

"O presidente do Cruzeiro Esporte Clube, Wagner Pires de Sá, que acompanha o time em Chapecó, foi surpreendido com a matéria divulgada neste domingo pela TV Globo no programa Esporte Espetacular envolvendo seu diretor jurídico, Fabiano Oliveira Costa, que se encontra de férias nos Estados Unidos. O presidente aguarda o retorno dele ao Brasil para se posicionar oficialmente".

Com 21 pontos somados em 24 rodadas de Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro ocupa a 18ª colocação e está a quatro pontos do CSA, primeiro time fora da zona de rebaixamento – os alagoanos já jogaram nesta rodada. Neste domingo, o clube mineiro visita a Chapecoense para tentar diminuir a diferença.