<
>

Ex-Conmebol detona escolha de brasileiro para apitar River x Boca: 'Projeto de árbitro'

play
Antes de despedida, Riquelme diz o que faltou na sua carreira: 'Ter jogado muito mais partidas com Messi' (1:01)

Argentino terá sua homenagem de despedida no final de 2019, na Bombonera (1:01)

Após a Conmebol anunciar, na última sexta-feira, os árbitros escalados para Grêmio x Flamengo e River Plate x Boca Juniors pelas semifinais da Copa Libertadores, a decisão foi contestada na Argentina.

O motivo é que Raphael Claus, que apitou o segundo jogo da final da Copa do Brasil, entre Internacional e Athletico-PR, será o responsável pela arbitragem na partida de ida do clássico argentino. O árbitro brasileiro não é muito conhecido no país vizinho.

Em entrevista à rádio La Red, o ex-membro da Comissão de Arbitragem da Conmebol, Miguel Scime, comentou a escalação de Claus. “É o terceiro do ranking brasileiro, atrás de (Wilton Pereira) Sampaio e (Anderson) Daronco. O conheço desde que assumiu, porque era meu aluno, mas não tem experiência para estar nesse tipo de jogo”, declarou.

Scime também falou sobre o presidente do Comitê, Wilson Luiz Seneme: “Quis surpreender os argentinos colocando este projeto de árbitro para ver se pode projetá-lo para outros jogos”.

Outra crítica ao árbitro brasileiro foi o baixo número de vezes em que apitou jogos de Boca e River. “Não era o árbitro que se esperava que poderia ser. Quantos jogos dessas equipes ele apitou? Apenas um do River”, disparou Scime.

O ex-árbitro ainda disse que Claus é um juiz que “gosta de ser figura” e tem maneira de apitar parecida com Sandro Meira Ricci. Para o jogo de volta, na Bombonera, especulou que o encarregado pelo apito seja o uruguaio Daniel Fedorczuk ou o paraguaio Mario Díaz de Vivar.

Por fim, Scime ainda criticou a Conmebol na escolha do árbitro de vídeo para o jogo do Monumental de Nuñez, que será o colombiano Nicolás Gallo. “É um árbitro de 33 anos e que não teve nem um ano como internacional. Uma jogada arriscada e me incomoda que a Conmebol nos subestime assim”, concluiu.