<
>

Palmeiras: Mano pensa em Zé Rafael ou Carlos Eduardo para vaga de Dudu

play
Mano pede calma com jovem colombiano no Palmeiras para não atrapalhar carreira de promessa da base (1:42)

Jovem ainda não estreou pelo clube e vive a expectativa de entrar em campo pela primeira vez (1:42)

O Palmeiras enfrentará o Fortaleza, no próximo domingo, no Castelão, sem seu principal jogador. Dudu terá de cumprir suspensão por acúmulo de cartões e, com isso, o técnico Mano Menezes vem quebrando a cabeça para encontrar o substituto ideal do camisa 7.

Nesta quinta-feira, o comandante do Verdão revelou que está dividido entre dois atletas para a vaga no setor ofensivo: Zé Rafael e Carlos Eduardo.

“Vamos escolher entre Zé Rafael e Carlos Eduardo. O Carlos Eduardo é um jogador mais parecido com o Dudu, de drible, velocidade, e Zé Rafael já participou do primeiro jogo em Goiânia, modificaríamos um pouco o posicionamento da equipe para ter um pouco mais de posse de bola”, revelou Mano Menezes.

Contratado neste ano pelo Palmeiras após se destacar com a camisa do Bahia, Zé Rafael já entrou em campo 25 vezes com a camisa do Verdão e marcou quatro gols.

Nos últimos meses de Luiz Felipe Scolari no clube, o meia ganhou mais espaço e foi titular em algumas ocasiões.

Carlos Eduardo, por sua vez, ainda não conseguiu conquistar a torcida do Palmeiras. Tido como joia nos tempos de Goiás, o atacante chegou a ser bastante criticado por boa parte dos palmeirenses e gerava um frisson sempre quando Felipão optava por acioná-lo nas partidas.

Com Mano Menezes, entretanto, ele pode ganhar uma chance de reconstruir sua imagem nas arquibancadas.

Quem também poderia ser acionado na vaga de Dudu é o colombiano Ivan Angulo. O colombiano de 20 anos foi contratado para reforçar o time sub-20 do Palmeiras, mas rapidamente começou a treinar com o time profissional, gerando expectativa por sua estreia no profissional.

Ainda assim, Mano Menezes prefere adotar cautela com o jovem atleta do Verdão.

“O Angulo poderia ocupar esse espaço, teve um problema particular, começou a treinar no campo hoje. Vamos também obedecer aos critérios de gestão, trabalho. A semana é importante, os treinos são importantes, então todos têm que participar. Essa é uma das partes da gestão que penso para os jogadores entenderem que o dia a dia é algo muito importante mesmo”, concluiu.