<
>

Thiago Neves, do Cruzeiro, sobra em solidariedade com comida para sem-teto e ajuda para gari

play
Fábio Luciano elogia postura de Rafael Santos, mas cobra jogadores experientes do Cruzeiro (0:41)

Garoto quem concedeu coletiva na Toca da Raposa nesta segunda (0:41)

Apesar do clima ruim no Cruzeiro depois da "crise" com o técnico Rogério Ceni e ter perdido a titularidade, Thiago Neves mostrou bons exemplos de solidariedade fora de campo.

O meia, que ficou de fora contra o Palmeiras, no jogo sábado (14/09), ele começou um projeto social pelas ruas de Belo Horizonte. Thiago distribuiu marmitas aos moradores de rua e postou fotos e vídeos.

"Mais uma noite abençoada, mais uma noite do marmitão do TN. Seguimos fazendo o que o nosso coração manda! Obrigado a todos que me ajudaram. Obrigado mesmo de coração pessoal! Deus abençoe todos vocês também. Quem puder, faça o mesmo, vocês vão ver o quanto faz bem! Beijo no coração de todos", disse no Instagram.

Além disso, Thiago Neves se ofereceu para ajudar o gari Renato Sá de Souza, 36 anos, que teve sua moto roubada enquanto estava trabalhando, no bairro União, em Belo Horizonte.

As imagens do vídeo gravado por Renato, que estava revoltado e preocupado com o prejuízo, pedindo ajuda para recuperar a moto viralizaram.

"Sou gari, o dia inteiro trabalhando debaixo desse sol quente. Eu preciso dessa moto para trabalhar (...) Se você que me roubou, está vendo esse vídeo, olha como eu estou suado. Eu trabalhei o dia inteiro. Você não sobe como é difícil as coisas" disse.

O meia do Cruzeiro pediu ajuda para entrar em contato com o gari, que é torcedor do Atlético-MG.

"Eu falei com ele já e amanhã vamos juntos resolver essa situação dele. Obrigado por me marcarem neste vídeo, vou fazer o que posso para ajudá-lo. Abraço em todos e fiquem ligados, porque amanhã será um dia inesquecível para ele", disse Neves.