<
>

Bruno Guimarães, do Athletico-PR, é desejado pela Premier League e tem números dignos do meio de campo do City de Guardiola

Ele decidiu a primeira parte da final da Copa do Brasil: Bruno Guimarães é o nome do momento.

O garoto de 21 anos fez o gol da vitória contra o Internacional, mas chama atenção pelo seu futebol no Athletico Paranaense desde o início da temporada, e há meses já é considerado um dos principais nomes que a seleção brasileira deve ter em sua renovação.

Ainda jovem, o polivalente meio campista brilha os olhos das melhores ligas do mundo, sendo colocado como um alvo do Chelsea.

Após gol na final, Bruno Guimarães fala sobre possível interesse do Chelsea

Dento de campo, Bruno domina o meio. Contra o Inter, regeu o ritmo do Athletico, que dominou o gramado na maior parte do tempo.

Para comparar seu nível de atuação em 2019 apenas com os melhores, avaliamos quatro fatores para ver o quão parecido o jovem é com os craques do meio de campo do Manchester de Pep Guardiola.

Pegamos, então, as médias por jogo de toques na bola, passes, porcentagem de acerto dos passes e porcentagem de acerto dos passes no último terço do campo (o ofensivo) de Bruno e também de Rodri, Gundogan, Bernardo Silva, Fernandinho, De Bruyne e David Silva.

Comandando o meio de campo do time de Tiago Nunes, Bruno toca na bola quase 76 vezes por jogo, menos apenas do que Fernandinho (81) nessa comparação.

Falando em passes, o jogador do Athletico dá entre 57 e 58 por jogo, número praticamente igual a Rodri e David Silva, inferior a Fernandinho (68) e Gundogan (61), mas superior aos outros.

Quando o assunto é precisão, o brasileiro é um dos melhores. De todos os seus passes, 89,4% encontram o destino final. Rodri (94%) e Gundogan (90,8%) ainda passam um pouco melhor, mas De Bruyne (83,3%), Bernardo (86,5%) e os outros ficam atrás.

Os passes mais importantes para criar chances de gol são aqueles no último terço do campo, e ainda assim o aproveitamento de Bruno é fora da curva: 84,8%, o que o colocaria bem no meio desse bolo de craques - o melhor, Rodri, tem 86,2%; já De Bruyne, o que menos acerta, 78,9%.

Para dar uma base às comparações, os números avaliados são das seguintes competições: Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores de 2019 para Bruno; Premier League e Champions League de 2018-19 e 2019-20 para os jogadores da europa.

Todas as estatísticas foram disponibilizadas pelo Trumedia, banco de dados exclusivo dos canais ESPN.

Bruno já revelou que seu ídolo no futebol é Andrés Iniesta. Bom, o brasileiro parece ter aprendido alguma coisa do ex-comandado de Guardiola...