<
>

Sem chances no Palmeiras, Arthur Cabral revela como acertou com time europeu: 'Fiquei muito feliz'

play
Para Nicola, Palmeiras tem mais obrigação de avançar à semifinal da Libertadores que o Grêmio (1:00)

'Pelo resultado, investimento e pelo fato de estar há muito tempo sem vencer, vejo o Palmeiras com mais obrigação', disse o comentarista do BB Debate. (1:00)

Emprestado pelo Palmeiras ao Basel, da Suíça, Arthur Cabral, 21 anos, quer brilhar na Europa e deixar o período no Brasil para trás.

O atleta não se firmou com o técnico Luiz Felipe Scolari, entrando em campo apenas seis vezes e marcando um gol, ainda no Paulistão. Questionado as razões pelas quais não teve oportunidades, ele preferiu evitar polêmicas com o ex-clube.

"Cara, não gostaria de falar sobre o Palmeiras porque estou muito feliz de verdade com tudo que o está acontecendo na minha vida, com essa chance na seleção e uma nova oportunidade em um novo clube da Europa. Estou muito feliz e confiante, creio que vou mostrar meu futebol e evoluir", disse à ESPN, na zona mista do Pacaembu.

Arthur, que estava com a seleção olímpica, explicou que seu staff falava com outras equipes da Europa, mas que o acerto com time suíço foi bem rápido.

"Meu empresário me falou sobre o Basel e tinha uma negociação com o Braga. Quando ele me falou sobre o Basel eu fiquei muito feliz porque é um time que conhecia muito bem por ser um time que disputa a Champions League. Vi com muitos bons olhos e quando tudo se concretizou eu fiquei muito feliz. Tanto é que ele me perguntou quando eu queria viajar e respondi: ‘Se você comprar a passagem hoje, eu arrumo as minhas malas e vou embora’", explicou.

Além de jogar os campeonatos nacionais, o time suíço irá disputar a Europa League.

"É um campeonato que já atua grandes times da Europa. Estou muito feliz e quero agarrar a chance com unhas e dentes. Eu tive pouco tempo, e fui mais mais para assinar contrat. Foi muito legal, gostei da cidade e do clube, e o Eric Ramires (ex-Bahia) chegou comigo", disse.

Ele estava no Palmeiras desde o início de 2019, após ter sido contratado do Ceará por cerca de R$ 5 milhões. O centroavante assinou por um ano com o clube da Basiléia, que tem obrigação de compra ao final deste período.

Cabral foi convocado pelo técnico André Jardine para defender a seleção brasileira sub-23 (olímpica) nos amistosos contra Colômbia e Chile, realizados no Pacaembu. Ele entrou na segunda etapa contra os chilenos.