<
>

Grêmio goleia Cruzeiro pelo Brasileiro com provocação de Tardelli e dois de Everton Cebolinha

Que resultado do time tricolor! Neste domingo, o Grêmio foi a Belo Horizonte e goleou o Cruzeiro por 4 a 1, no Independência, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Tardelli, Alisson e Everton “Cebolinha” (duas vezes) marcaram para os visitantes, ao passo que Fred anotou o gol dos mandantes.

Com o resultado, os comandados de Renato Gaúcho chegam a 25 pontos em 18 partidas e alcançam provisoriamente a 10ª colocação, cinco pontos atrás do Internacional, que abre o G-6.

A equipe de Rogério Ceni, por sua vez, estaciona nos 18 pontos e fica na 16ª posição, apenas três pontos à frente do Fluminense, que abre o Z-4 e tem um jogo a menos.

Agora, o Cruzeiro volta a campo no próximo sábado, quando visita o Palmeiras pelo Campeonato Brasileiro. Um dia depois, o Grêmio recebe o Goiás pela mesma competição.

O Independência é a casa do Atlético-MG e, por tabela, de Diego Tardelli. Identificado com o rival mineiro, ele provocou ao abrir o placar com um belo gol de letra. Na comemoração, fez o sinal de um telhado e apontou para o gramado, dizendo que "aqui é a minha casa".

A notícia ruim para os gaúchos é que o zagueiro Pedro Geromel se lesionou sozinho na segunda etapa ao tentar afastar uma bola. Ele precisou ser ajudado para deixar o campo e foi substituído, indo imediatamente para o vestiário.

Show do Grêmio

Foram os visitantes que saíram na frente no Independência. Aos 18 minutos, Alisson lançou Galhardo no fundo, que cruzou rasteiro. Diego Tardelli apareceu no meio da área e, de letra, abriu o placar.

Dez minutos depois, a ‘lei do ex’ entrou em ação. Ex-Cruzeiro, Alisson fez bela jogada, tabelou com Everton e tocou na saída de Fábio para ampliar.

Os donos da casa, vaiados, voltaram ao jogo com um pênalti que Fred converteu aos 37 minutos.

Mas no contra-ataque, o Grêmio matou o jogo. Já no segundo tempo, aos 19, Everton recebeu em velocidade, deixou o zagueiro para trás e acertou um balaço de esquerda no ângulo, fazendo o terceiro.

Ainda deu tempo, aos 33 minutos, de virar goleada. Com um toque rápido de primeira, Everton driblou o zagueiro Léo na entrada da área e marcou o quarto.