<
>

Como golaço de Gre-Nal de 1978 foi parar no mais importante jornal inglês: 'Incrível em qualquer época'

Um Gre-Nal realizado nos anos 70 virou tema de discussão no The Guardian, mais importante jornal da Inglaterra.

Em reportagem publicada nesta quarta-feira sobre os mais lindos gols de três dedos da história, a publicação citou a golaço do ex-atacante Éder Aleixo, então jogador do Grêmio, marcado sobre o rival Internacional, em clássico válido pelo Campeonato Gaúcho de 1978.

Assista abaixo:

"Em 1978, Éder marcou para o Grêmio após soltar uma bomba de longe contra o Internacional. Sua corrida foi tão longa que o câmera teve que fazer o movimento da direita para a esquerda só para acompanhar todo o seu chute. Enquanto ele fazia isso, o narrador Celestino Valenzuela, familiar com a proeza da batida de Éder, soltou um anúncio urgente: 'Atenção!'", escreveu o Guardian.

"Éder correu para a bola e, após essa corrida 'infinita', explodiu em um chute tão forte que seus dois pés saíram do chão. A bola viajou tão rápido, e com tanto efeito, que o goleiro Luis Carlos Gasperin teve precisamente 0,00% de chance de fazer a defesa", exaltou.

"Muitos gols do passado distante hoje não parecem grande coisa sob a visão moderna. Mas esse de Éder Aleixo é incrível em qualquer época", completou.

Apesar do golaço de Éder, porém, o Inter ganhou aquele Gre-Nal por 2 a 1, com tentos de Jair e Valdomiro, conquistando o 2º turno do Gauchão.

O Estadual desta temporada acabaria com o Colorado campeão.

Éder jogou pelo Grêmio entre 1977 e 1979, quando foi para o Atlético-MG, clube do qual se tornou ídolo.

Atualmente, Aleixo trabalha na comissão técnica do Galo.