<
>

Jovem de ex-time de Maradona é morto esfaqueado no México

play
Everton Cebolinha no Arsenal? Segundo Nicola, Bolzan garante que 'não há proposta' (0:55)

Após brilhar na Copa América, o atacante do Grêmio está na mira do futebol europeu. (0:55)

O jogador Mirsha Francisco Herrera Gastelum, das categorias de base do Dorados de Sinaloa, foi esfaqueado até a morte na última terça-feira (16), anunciou o clube nesta quarta (17).

Uma fonte ligada ao clube comentou sobre a tragédia para a ESPN Deportes: "O incidente aconteceu entre 11h30 e meio dia. Ele tinha ido treinar muito cedo e saiu mais cedo".

"Logo depois, nós ficamos sabendo do incidente pelo hospital, que reconheceu o uniforme e nos comunicou", disse. "Eles falaram: 'Temos um jogador do seu clube aqui chamado Mirsha e é tudo que sabemos, pois não temos mais nada'", finalizou.

Herrera Gastelum, de 20 anos, era lateral-esquerdo e chegou ao clube em 2014, ainda com 15 anos. Sob o comando de Maradona, chegou a treinar entre os titulares, mas foi mandado de volta para a abase após a saída do argentino.

Gastelum tem um irmão que joga na equipe sub-17 do Xolos de Tijuana.