<
>

Messi e Otamendi não pegam medalha de 3º e desaparecem da comemoração argentina

play
Arnaldo se impressiona com boa vontade do brasileiro com Messi: 'E se fosse o Neymar cutucando o Medel?' (2:32)

Para o comentarista, o árbitro de Argentina x Chile acertou ao expulsar os dois jogadores na Arena Corinthians: 'O tratamento tinha que ser igual'. (2:32)

Messi foi expulso e ficou indignado com a decisão do árbitro Mario Diaz de Vivar. Como 'resposta', sumiu.

A Argentina venceu o Chile por 2 a 1 na Arena Corinthians e se sagrou terceira colocada da Copa América. Mas na premiação, sobre o gramado do estádio, Messi não apareceu.

Di María 'assumiu' a faixa de capitão e levantou o troféu de bronze. O camisa 10 sequer ganhou uma medalha ou apareceu na foto oficial.

Entretanto, não há nenhuma regra que não permita sua participação da festa por causa do cartão vermelho, tanto que Gary Medel, também expulso no mesmo lance de Messi, esteve lá na premiação chilena, 4ª colocada.

“O que eu disse aconteceu. Não fui à premiação, porque nós não temos que fazer parte desta corrupção e falta de respeito. Nós fomos para mais, eles não nos deixaram estar na final. Corrupção e árbitros não permitem que as pessoas se divirtam e o futebol está arruinado. Com um cartão amarelo tudo se resolvia. Nós não temos que fazer parte dessa corrupção.”, afirmou o camisa 10 depois do jogo deste sábado.

Assim como Messi, Otamendi não aparece nos registros pós vitória argentina.