<
>

Balbuena não esquece Corinthians: 'Carinho que eu tenho é muito grande'

play
Da tensão à paz: artista da ESPN Brasil desenha o sofrimento e o alívio de Brasil x Paraguai (0:31)

Dalton Cara recriou a emocionante partida pelas quartas de final da Copa América (0:31)

A disputa da Copa América permitiu que Fabian Balbuena voltasse a pisar em solo brasileiro, país onde criou algumas raízes. O zagueiro do Paraguai teve passagem de destaque pelo Corinthians entre 2016 e 2018 e não esquece o seu período no clube alvinegro.

“Sempre que dá pra assistir eu assisto, tenho muito amigos lá, cada vez que o horário não atrapalha”, afirmou o jogador do West Ham, na zona mista após a derrota de seu país nos pênaltis para o Brasil, pelas quartas de final do torneio de seleções.

“Eu tento acompanhar, estar em constante contato com o pessoal de lá, e com o Fábio (Carille) também. Sabemos que é uma baita de uma pessoa primeiramente, e como treinador sabemos da qualidade dele.”

No momento, os corintianos vivem a expectativa do retorno de Gil. Questionado em tom de irreverência se ele também poderia voltar, Balbuena expressou mais uma vez seu sentimento pelo clube.

“Por enquanto eu não tenho previsão pra voltar, o objetivo é ficar por lá, tenho contrato longo ainda, estou me sentindo muito bem lá. Por enquanto é muito difícil, mas no futuro ninguém sabe. A gente não sabe o que pode acontecer no futuro, mas o carinho que eu tenho pelo Corinthians é muito grande. Se eu voltar de férias, vou voltar pra assistir a um jogo ou para ir dar um oi ao pessoal de lá”, declarou.

Com a camisa alvinegra, o zagueiro de 27 anos foi bicampeão paulista e campeão brasileiro. Ele está no West Ham desde o meio de 2018.