<
>

Ex-Barça diz que Ronaldinho e Deco chegaram bêbados a treino e que foram vendidos para não 'estragar' Messi

O Barcelona do ano de 2008 foi sem dúvida um dos grandes elencos que o clube teve em sua história. Aquele time contava por exemplo com Ronaldinho Gaúcho e Deco, e vivia uma fase de transição para a equipe que venceu tudo com Pep Gaurdiola.

Mas nem tudo eram maravilhas naquele time. Aliaksandr Hleb, uma das contratações daquela equipe e que nunca conseguiu se firmar no time catalão, criticou alguns de seus companheiros de equipe à época, em especial o brasileiro e o português.

Em entrevista ao programa ‘Skameika osnovij', da 'Belorusski Futbol', o bielorusso, que com 38 anos ainda joga pelo BATE Borisov, contou alguns causos do dia-a-dia da equipe, que foram reproduzidos pelo jornal Marca.

“Ronaldinho Gaúcho e Deco chegavam bêbados para treinar. E sabe porque o Barcelona vendeu os dois em 2008? Pois eles tinham medo que eles pudessem “estragar” Messi.”, contou.

Mas o curioso é que o atleta jamais chegou a jogar com os dois. Vindo do Arsenal em 2008 por 15 milhões de euros, ele chegou na equipe depois que Deco foi para o Chelsea, em junho, e que Ronaldinho foi para o Milan, em julho.

Com apenas 36 jogos pelo clube catalão, revelou que na verdade sua vontade foi nunca ter deixado a Inglaterra.

“Eu não queria ter acertado com o Barcelona. Queria ter ficado no Arsenal ou ir para o Bayern de Munique, mas o meu representante insistiu que o Guardiola tinha telefonado, e ao final...”