<
>

Capitão do Chile diz que Vargas merece recorde do país na Copa América: 'Ninguém é como ele, treina muito'

play
Copa América: Sánchez e Vargas marcam, e Chile goleia o Japão no Morumbi (0:57)

Veja, em fotos, o que de melhor aconteceu no 4 a 0 (0:57)

O Chile goleou o Japão por 4 a 0 em sua estreia na Copa América nesta segunda-feira. E metade dos gols da vitória foram de Eduardo Vargas, ex-Grêmio, que se tornou o maior artilheiro da história de sua seleção na competição. Nada mais justo, segundo o capitão de 'La Roja'.

"Estou muito feliz pelo Vargas. Sabemos o que ele nos traz dentro e fora de campo, é um grande jogador e merece isso. Não há ninguém como ele, ele treina muito. Todos sabemos o que ele traz para a seleção, é um fator grandíssimo aqui", comentou o zagueiro Gary Medel após a partida.

Os dois tentos levaram Vargas à contagem de 12, dois a mais que o último recordista, Enrique Hormazábal. Além disso, ele ultrapassou Paolo Guerrero, do Peru, como o jogador em atividade com mais gols na história dentro da competição.

"Importante que ele tenha marcado dois gols, que seja o goleador histórico do Chile na Copa América. E também que o Alexis tenha marcado hoje, tenha voltado com boa qualidade, vão nos servir bem", disse Arturo Vidal depois da vitória.

"Começamos com o pé direito. Tivemos muitos dias de preparação, muitos dias de assistir partidas e amadurecer tudo o que fizemos neste ano e meio. Claramente não foi bom o amistoso, mas nas partidas importantes, apareceu o verdadeiro Chile", completou o meio-campista do Barcelona.