<
>

Neymar vai depor nesta quinta-feira, e delegacia faz forte esquema de segurança para recebê-lo

play
Caso Neymar: Ex-marido de Najila Trindade se emociona ao falar sobre o filho (1:19)

Estivens Alves se emocionou ao falar sobre filho do casal (1:19)

O atacante Neymar vai prestar depoimento nesta quinta-feira na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) sobre as acusações de estupro feitas pela modelo Najila Trindade, no último dia 15 de maio.

O atleta é esperado na delegacia, que fica nos fundos do 11º DP da Polícia Civil, por volta das 16h de quinta-feira.

Ele virá de helicóptero de sua casa em Mangaratiba (RJ), descerá em um prédio nas redondezas da delegacia em Santo Amaro e será escoltado por carros até o local.

Por causa disso, há um forte esquema de segurança montado para recebê-lo.

Parte da calçada da delegacia está fechada pela CET, e os jornalistas estão posicionados de forma mais distante do prédio, com grades fazendo a separação.

Neymar já prestou depoimento no Rio de Janeiro pelo inquérito de crime cibernético (ao postar em seu Instagram vídeo com conversas e fotos íntimas de Najila).

Najila já conversou com a delagada Juliana Bussacos, responsável pelo caso em São Paulo, mas a segurança não foi tão reforçada quanto agora.

Ex-marido de Najila também presta depoimento

Estivens Alves passou o dia na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, em Santo Amaro, São Paulo, para depor sobre o caso envolvendo a ex-mulher, Najila Trindade, e o atacante Neymar.

Segundo o advogado, Estivens foi chamado para falar sobre a visita ao apartamento da modelo para buscar pertences do filho do casal.

“Eu notei algum sinal (de arrombamento). A porta tem marcas de chave abrindo e tem muitos resíduos no chão. No vídeo que fiz justamente para apresentar na delegacia tinha isso.”

Perguntado sobre a personalidade da ex-mulher, Estivens não quis se manifestar, mas se emocionou ao falar do filho, de 6 anos.

“Ele está com os avós dele e eu estou indo para lá. Ele entendo o que está acontecendo e está sofrendo com a mãe dele. Está tendo um acompanhamento psicológico”.

Estivens não pretende processar Neymar pela exposição do nome da criança na internet, mas confessa que esperava ao menos um pedido de desculpas.

“Não quero o dinheiro dele, isso é mérito dele. Tudo que eu queria era que ele se retratasse, mas acreditei nisso de uma forma inocente”.