<
>

Aston Villa vence Derby e conquista acesso para a Premier League após três anos

No jogo mais valioso do esporte mundial, John Terry levou a melhor sobre o amigo Frank Lampard. O time do assistente técnico do Aston Villa venceu a equipe do treinador do Derby County por 2 a 1, no último playoff da Championship, a segunda divisão inglesa.

A partida que decretou o acesso da equipe de Birmingham à Premier League foi realizada no estádio de Wembley, em Londres, nesta segunda-feira.

O Villa, que não disputava a elite inglesa desde 2016, vai assegurar uma quantia de 170 milhões de libras, graças aos acordos de transmissão no mundo tudo que totalizam mais de 5 bilhões de libras no período de três anos.

Cardiff, Fulham e Huddersfield foram rebaixados na Premier League e estarão na segunda divisão da próxima temporada.

Com sete títulos do Campeonato Inglês e uma conquista da Champions League (1982), o time do coração do príncipe William havia terminado a Championship na 5ª posição e venceu nas semifinais o West Bromwich.

Os outros dois times que conseguiram o acesso foram o Norwich (campeão) e o Sheffield United (vice). Caíram para a 3ª divisão: Rotherham, Bolton Wanderers e Ipswich Town.

O Derby venceu o Inglês por duas vezes (1972 e 1975) com o lendário técnico Brian Clough, mas não disputa a elite desde 2008 – quando conquistou apenas 11 pontos, permanecendo até hoje como a pior campanha na história da competição.

Mais de 85 mil espectadores presenciaram na capital inglesa o Aston Villa abrir o placar aos 44 minutos do primeiro tempo com Anwar El-Ghazi, que completou com o ombro um cruzamento feito pela direita.

A equipe de Birmingham marcou o segundo gol aos 10 minutos da etapa final. Após falha bizarra do goleiro Kelle Roos, do Derby, John McGinn balançou as redes.

O Derby diminuiu a vantagem com Jack Marriott. Aos 37 minutos, ele recebeu passe dentro da área e chutou cruzado, sem chances para o arqueiro.

Nos minutos finais, o Derby fez uma pressão avassaladora sobre o Aston Villa, que tentou se segurar de todas as formas. Nos momentos finais da partida, foi mostrado o sofrimento do príncipa William nas tribunas de Wembley, mas o final foi apoteótico.

Terry festeja!

Ídolo do Chelsea, o ex-zagueiro John Terry, que defendeu o Villa por uma temporada como jogador (a sua última), foi nomeado para a função de auxiliar em outubro do ano passado, assim como o técnico Dean Smith.

A equipe fazia uma campanha ruim na Championship, mas se recuperou com a dupla e foi entrar na zona de playoffs na 39ª rodada, algo que não conseguia desde a quinta jornada da competição.