<
>

Goulart explica saída do Palmeiras: 'Questão salarial irrecusável'

play
Goulart explica motivo de deixar o Palmeiras, esclarece lesão e diz que espera voltar ao clube no futuro (4:53)

Jogador está voltando para seu antigo clube, o Guangzhou Evergrande, da China (4:53)

O meia-atacante Ricardo Goulart concedeu entrevista no aeroporto de Guarulhos horas antes de embarcar para a China, onde voltará a atuar pelo Guangzhou Evergrande após rescindir contrato com o Palmeiras depois de 12 jogos pelo clube paulista.

"Teve uma reviravolta maluca nos últimos dias. Entramos em um acordo e ficou bom para ambas as partes. Eu tinha o sonho de ficar um ano no Brasil, para marcar mais o meu nome por aqui, mas as coisas tomaram um rumo diferente e vou ser feliz na China", disse Goulart, que irá renovar por mais cinco anos com o clube chinês.

"Já ouvi muita coisa que acaba machucando. As pessoas não medem palavras negativas. Estou apto a jogar. É só uma questão de tempo. Logo vou dar a volta por cima na China. Cheguei pela porta da frente e estou saindo pela porta da frente", completou.

Além disso, o jogador brasileiro receberá um aumento de cerca de 70% atuando na China.

"Qualquer jogador do mundo aceitaria uma proposta como essa. Quase todos aceitariam. Mas eu queria fazer mais pelo Palmeiras, porque o Palmeiras me abriu as portas. Infelizmente aconteceu essa lesão e, voltando, tem essa questão salarial irrecusável", afirmou.

Goulart se machucou no Palmeiras no final de abril e realizou cirurgia no joelho direito no começo do mês.