<
>

Campeão: Manchester City goleia Watford por 6 a 0 com 2 gols de Jesus e conquista a Copa da Inglaterra

play
Manchester City de Guardiola é o melhor time da história da Premier League? Rafael Oliveira analisa (1:31)

Comentarista dos canais ESPN destaca dominância da equipe e compara com 'invencíveis' do Arsenal (1:31)

Foi com goleada que o Manchester City conquistou seu terceiro título na temporada. Os 6 a 0 sobre o Watford selaram a conquista da Copa da Inglaterra para o time de Pep Guardiola, que já comemorou também a Premier League e a Copa da Liga no ano.

Com um time alternativo, com direito a Gabriel Jesus e David Silva entre os titulares, o time azul de Manchester não teve qualquer piedade do Watford.

Aproveitando a chance recebida, Gabriel Jesus anotou dois gols e uma assistência no jogo. De Bruyne, que começou no banco, e o próprio Silva completaram o placar.

Como nota triste, fica a marca negativa para o goleiro brasileiro Gomes, do Watford. Foi buscando a bola seis vezes dentro de sua meta que o jogador se despediu do futebol profissional. Em que pese o tamanho do placar, a verdade é que o brasileiro não falhou na partida.

O primeiro lance de perigo do jogo foi, porém, do Watford, que jogava com coragem no início da partida. Aos 10, em contra-ataque, Deulofeu deixou Pereyra frente a frente com Ederson, que saiu arrojado para fazer a defesa, quase na linha da sua grande área.

Aos 20, o Watford ainda reclamou um pênalti, após chute de Pereyra que pegou no braço de Kompany - estava colado ao corpo e o juiz mandou a partida seguir.

Cinco minutos depois, Silva rompeu um jejum que vinha desde dezembro de 2018 e abriu o placar. Sterling ganhou disputa pelo alto na entrada da área e a bola sobrou para Silva bater cruzado, de esquerda, sem chance para o goleiro Gomes.

Aos 37, foi a vez de Jesus receber bola enfiada por Bernardo Silva, fintar Gomes com o corpo e completar para o gol - Sterling ainda chegou para completar, mas a bola já havia entrado.

Na segunda etapa, De Bruyne veio a campo na vaga de Mahrez e logo mostou a que tinha vindo.

Aos 16, pouco depois de entrar em campo, ele viu Jesus recuperar uma bola no meio, tabelar com Sterling e receber na frente. O cruzamento veio açucarado para o belga driblar Gomes e fazer o terceiro do City no jogo.

Aos 22, Jesus apareceu de novo. Dessa vez, o belga retribuiu o presente e deixou Gabriel na cara do goleiro Gomes, para bater forte e rasteiro e fazer o quarto, seu segundo na partida.

Sterling ainda faria o quinto, aos 36, após bom cruzamento de Bernardo Silva, da esquerda. E o sexto, com passe de De Bruyne e dois chutes. O primeiro ainda pegou na trave, antes de Sterling pegar o rebote e balançar a rede.

A taça estava mais do que garantida. A terceira do ano para o City.