<
>

Real Madrid com ponto a menos e mudança no rebaixamento: jornal lista classificação de LaLiga com e sem VAR

As semifinais dos campeonatos estaduais neste fim de semana renderam polêmica no Brasil pela utilização do árbitro de vídeo. Na Europa, a ferramenta já é utilizada há algum tempo, mas também gera seus debates.

Nesta segunda-feira, o jornal catalão Mundo Deportivo publicou seu levantamento de como estaria a tabela de LaLiga se o VAR não estivesse sendo utilizado. E algumas mudanças chamaram atenção, principalmente na parte de baixo da classificação.

A pesquisa considera apenas gols anulados ou validados pelo árbitro de vídeo, adicionando-os ou retirando-os do placar final. Claro, partidas podem mudar totalmente a partir de uma decisão do juiz, mas ainda assim o exercício mostra a interferência que a ferramenta pode ter.

O Real Madrid, por exemplo, teria um ponto a menos se o VAR não tivesse sido utilizado. Quinta e sexta posições estariam invertidas, com vantagem para o Valencia.

As maiores mudanças seriam na parte desesperada da tabela. O Girona, 14º com o árbitro de vídeo, teria cinco pontos a menos e amargaria a 18ª posição, na zona de rebaixamento. Real Valladolid, atualmente fora da degola, ficaria em 19º, três pontos abaixo do que tem hoje.

Seria melhor para o Rayo Vallecano, atual penúltimo, que teria três pontos mais e escaparia do Z-3 – na Espanha, só três equipes são rebaixadas. O Villarreal, que também está sendo rebaixado, pularia para a 16ª colocação, apesar de manter sua pontuação inalterada.

Veja as tabelas e compare: