<
>

Um mini-desmanche e saída de figurões: Conheça as condições de Mourinho para voltar ao Real Madrid

Em busca de um escudo para as críticas que o colocam como responsável direto pelo fracasso do Real Madrid na temporada, o presidente do clube, Florentino Pérez, já escolheu o técnico que deseja ver à frente do time: ninguém menos do que José Mourinho.

Mas o retorno do português está condicionado a uma série de mudanças na agremiação, que passam, inclusive, pela promoção de um pequeno desmanche no grupo, segundo o jornal espanhol Sport.

Nada menos que Bale, Benzema, Marcelo e o capitão Sergio Ramos teriam de deixar o Real Madrid para o português assumir, afirma a publicação. E nenhum dos quatro sequer seguiria no Santiago Bernabéu até 30 de junho, caso Mourinho volte.

Sergio Ramos, antes mesmo da divulgação da possibilidade do retorno do técnico estar atrelada à sua saída, já se mostrava contrário à ideia. Algo que certamente não deve ter mudado com esse rumor, mas que segundo informações do mesmo jornal, Pérez está inclinado a aceitar.

Mesmo com a série de eliminações e derrotas para o arquirrival Barcelona, o zagueiro e capitão segue como o chefe do vestiário do Real Madrid.

Ele já tratou de cobrar e motivar o grupo antes mesmo de o técnico-tampão Santiago Solari fazê-lo, ligou para Pérez e resolveu o bate-boca que ambos tiveram após a vexatória eliminação para o Ajax na Champions League, na última terça-feira, e ainda fez Isco pedir perdão aos jogadores por não ter ido com o grupo no ônibus que conduziu o elenco para o Santiago Bernabéu.