<
>

Árbitro revisa lance por 7 minutos no VAR, anula gol contra o Chivas e revolta Toluca no Mexicano

Gol do Toluca contra o Chivas foi anulado após 7 minutos de revisão no VAR Reprodução

A vitória por 1 a 0 do Chivas Guadalajara sobre o Toluca, no último domingo, pelo Campeonato Mexicano, foi recheada de polêmica.

Aos 30 minutos do segundo tempo, o argentino Triverio finalizou, o goleiro Gudiño não conseguiu defender e a bola entrou, empatando o jogo para o Toluca.

No entanto, o árbitro Jorge Pérez Duran foi alertado por seus assistentes sobre o lance e decidiu revisar a jogada no VAR.

Depois de sete minutos olhando as imagens, ele anulou o tento do Toluca, para revolta dos jogadores do time visitante.

Na opinião de Felipe Ramos Rizo, ex-juiz e comentarista de arbitragem da ESPN mexicana, a decisão foi equivocada, e o gol deveria ter sido validado.

Em seu Twitter, o Toluca também postou uma imagem que mostra que a bola entrou completamente. Veja:

Na coletiva de imprensa pós-jogo, o técnico da equipe derrotada, Hernán Cristante, cornetou a decisão do árbitro.

"É óbvio que sempre vão ajudar as equipes grandes, como eu já havia alertado. É algo natural", ironizou.

Com o equívoco, porém, o Chivas ganhou a 3ª seguida e lidera o Mexicano de maneira isolada, com 2 pontos de vantagem sobre o Monterrey.

O Toluca, por sua vez, está em 3º lugar.