<
>

Palmeiras vence o Vasco, é campeão e conquista o Deca do Brasileiro

O Palmeiras é Decacampeão do Campeonato Brasileiro!

Neste domingo, o time comandado por Luiz Felipe Scolari venceu o Vasco por 1 a 0, em São Januário, pela 37ª rodada, e conquistou o título antes mesmo da última partida do torneio.

O técnico, aliás, tem que ser exaltado mais uma vez. Afinal, ele fez a mudança que decidiu o duelo, aos 15 minutos da segunda etapa: tirou Borja e colocou Deyverson. O grandalhão entrou bem demais, e, aos 22 minutos, aproveitou ótima jogada de Dudu e Willian para anotar seu 9º gol no Brasileirão, escrevendo seu nome na história do Palmeiras.

Com o resultado, o Verdão foi a 77 pontos e já não pode mais ser alcançado pelo Flamengo, que ganhou do Cruzeiro por 2 a 0 neste domingo, e chegou a 72. Como restam apenas mais 3 pontos em disputa, a equipe do Palestra Itália é campeã nacional.

Esse é também o 2º título de Felipão no Brasileiro, já que ele levantou o troféu em 1996, com o Grêmio.

Na última rodada, o Palmeiras recebe a taça após a partida contra o Vitória, domingo, às 17h (de Brasília), no Allianz Parque.

Já o Vasco segue com 42 pontos e espera os outros resultados da rodada para saber se visita o Ceará no próximo domingo com chances ou não de ser rebaixado.

O JOGO

Mesmo jogando na casa do adversário e com presença maciça da torcida vascaína em São Januário, o Palmeiras começou a partida melhor, dominando a posse de bola e tentando jogadas com os atacantes Dudu, Willian e Borja.

Em um rápido contra-ataque, porém, os donos da casa criaram a primeira grande chance do jogo. Aos 10, Thiago Galhardo avançou com liberdade por um corredor no meio e disparou uma bomba, exigindo boa defesa de Weverton.

O goleiro alviverde teve que trabalhar novamente aos 14, em mais uma boa trama do ataque carioca. Dessa vez, Yago Pikachu recebeu pela direita e tentou chute no canto, mas o arqueiro palestrino fechou com a perna e salvou.

O Vasco seguiu melhor e teve mais uma grande oportunidade aos 19. Após cobrança de escanteio, a bola quicou na área e sobrou limpa para chute do volante Andrey. No entanto, o prata-da-casa não pegou bem e mandou para fora.

Aos 25, o tempo fechou num lance entre o atacante Kelvin, do Vasco, e o volante Felipe Melo, do Palmeiras. Durante discussão, o Pitbull alegou ter levado uma cabeçada, mas o árbitro Rafael Traci viu simulação e deu amarelo ao meio-campista.

Depois disso, porém, as chances rarearam. O Verdão tentava na base de cruzamentos, mas a zaga cruz-maltina cortava todos. E nas descidas vascaínas, os zagueiros Luan e Gustavo Gómez faziam bom trabalho para evitar finalizações.

Só aos 42 minutos houve novo momento de emoção. Após sofrer falta na esquerda da grande área, Dudu tentou surpreender Fernando Miguel e bateu direto ao invés de cruzar. A bola passou raspando a forquilha do goleiro e saiu.

Logo em seguida, foi a vez de Bruno Henrique assustar a torcida carioca. O volante bateu colocado, buscando o canto de Fernando Miguel, mas ela saiu roçando a trave e não entrou, fechando o primeiro tempo em 0 a 0.

Na segunda etapa, o primeiro bom lance foi do Palmeiras. Em descida pela direita, Mayke cruzou e achou Dudu, que tentou bater de primeira, mas mandou para fora.

Para tentar pressionar e buscar a esperada vitória em São Januário, Luiz Felipe Scolari fez sua alteração tradicional aos 15 minutos: tirou Borja e colocou Deyverson.

O grandalhão entrou bem e passou a participar da criaçãod e vários lances de ataque. Num deles, aos 22, ele achou Dudu, que ajeitou para Bruno Henrique chegar batendo, para defesa de Fernando Miguel.

Ainda insatisfeito com a produção ofensiva, Felipão fez nova troca, tirando Lucas Lima e colocando Gustavo Scarpa.

Era o toque que faltava para o Verdão abriu o placar: aos 22 minutos, Dudu deu belo lançamento por cima, Willian ajeitou e Deyverson, sempre ele, só cutucou para as redes, marcando seu 9º gol no Brasileirão - o mais importante até agora.

Depois de anotar seu gol, o Palmeiras se fechou na defesa com a entrada de Jean no lugar de Willian e só segurou o resultado para comemorar a conquista nacional na casa vascaína.

FICHA TÉCNICA
VASCO 0 x 1 PALMEIRAS

Local: São Januário, no Rio de Janeiro-RJ
Data: 25 de novembro de 2018, domingo
Horário: 17h (de Brasília)
Público: 21.066 pagantes
Renda: R$ 596.810,00
Árbitro: Rafael Traci
Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Rafael Trombeta
Cartões amarelos: Desábato, Castan, Andrés Rios e Andrey (VAS); Felipe Melo, Bruno Henrique, Gustavo Gómez, Deyverson e Jean (PAL)
Cartão vermelho: Yago Pikachu (VAS)

GOL
PALMEIRAS: Deyverson, aos 26 minutos do segundo tempo

VASCO: Fernando Miguel; Luiz Gustavo, Werley, Leandro Castan e Henrique (William Maranhão); Desábato (Raul), Andrey, Yago Pikachu e Thiago Galhardo; Kelvin (Marrony) e Maxi López Técnico: Alberto Valentim

PALMEIRAS: Weverton; Mayke, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Lucas Lima (Gustavo Scarpa); Willian (Jean), Dudu e Borja Técnico: Luiz Felipe Scolari