<
>

Desmanche no Barcelona? Espanhol não fica, e brasileiro pode parar na Itália

Dois jogadores que não têm muito espaço no elenco do Barcelona podem deixar o Camp Nou na janela de transferências de janeiro.

O meia espanhol Denis Suárez, que só participou de um dos 17 jogos oficiais disputados pela equipe catalã, é a última opção do técnico Ernesto Valverde para o setor. Apesar de ter contrato com o Barça até junho de 2020, uma vez que o clube está aberto para negociar sua saída, sabe-se que ele ainda é um jogador bem valorizado fora do Camp Nou.

Nesta segunda-feira, o jornal The Sun publicou que o Arsenal estaria em posição de apresentar uma oferta por sua contratação. Unai Emery, que foi seu treinador na temporada 2014-15 no Sevilla, seria o principal defensor de sua contratação.

Além disso, Marcelino García Toral, que o dirigiu no Villarreal, também gostaria de trazê-lo ao Valencia. Celta de Vigo, Betis e Sevilla também se interessa pelo jogador. O Napoli teria oferecido 30 milhões de euros na última janela de transferência.

Rafinha Alcântara, que completará 26 anos em fevereiro, disputou sete jogos, cinco como titular, desde o início da temporada, mas contempla um futuro sombrio diante dos interesses do clube no mercado. Após a Inter não feito a opção de compra seu empréstimo na temporada passada, eel ficou perto do Betis, mas não explicou a razão pelo qual não foi ao time.

Agora, a Roma se interessa pelo brasileiro, com Monchi, seu diretor esportivo, qurendo finizar uma operação que seria considerada a curto ou médio prazo. O clube italiano estaria interessado em levá-lo para a próxima janela, mas em qualquer caso, ele esperaria até o final da temporada.

A Roma estaria disposta a desembolsar 24 milhões de euros para o meia brasileiro.