<
>

Ex-Chelsea, Mark Schwarzer diz que 'há boa chance' de Usain Bolt ser contratado por time da Austrália

O ex-goleiro da Austrália, Mark Schwarzer, disse à ESPN que o ex-velocista Usain Bolt tem boas possibilidades de assinar um contrato profissional de futebol com o Central Coast Mariners.

Neste fim de semana começará o Campeonato Australiano e o clube australiano ainda não inscreveu o jamaicano na competição.

"Eu acho que ele tem uma boa chance, puramente porque ele está lá há tanto tempo", disse Schwarzer, que jogou 100 vezes pelos Socceroos, à ESPN. "Eles acham que ele tem alguma coisa e é por isso que eles também o colocaram lá".

O ex-goleiro de Chelsea e Leicester viu a exibição de dois gols de Bolt contra o Macarthur South West United no início de outubro. Apesar disso, ele acredita que o jamaicano "ainda ter muito trabalho a fazer", mas está mostrando "talento" e "promessa".

"O problema é a idade dele [32 anos]. Ele precisa aprender rápido quando você fica mais velho, seu ritmo fica mais lento, então ele precisa aproveitá-lo o mais rápido possível para utilizá-lo. A grande questão é se ele vai melhorar o suficiente para garantir um contrato na A-League", disse.

Schwarzer acredita que o clube deve olhar Bolt puramente como um jogador de futebol e não colocá-lo apenas por seu potencial mercadológico.

"Você está falando em contratar Usain Bolt como jogador de futebol. Você não pode contratar Usain Bolt como um corredor para jogar futebol. Você tem que contratá-lo em sua habilidade de jogar futebol e essa é a única maneira de fazê-lo".

O ex-goleiro ainda explicou as diferenças na contratação do jamaicano para a compra de David Beckham pelo Real Madrid.

"Quando David Beckham assinou com o Real Madrid, muitos acreditam que foi uma grande jogada do então presidente Florentino Perez porque eles conseguiram esse dinheiro de volta nas vendas de camisas em 24 horas em todo o mundo. Mas a grande diferença é que Beckham era de classe mundial, ele era o melhor jogador do lado direito do mundo naquela época. E um dos melhores especialistas em bola parada que já existiu, então houve justificativa para contratá-lo", analisou.

A ESPN revelou que foi oferecido para Bolt um lucrativo contrato de dois anos pelo Valetta FC, de Malta, no início desta semana, financiado pelo ambicioso clube de Abu Dhabi.

Os representantes dele recusaram a abordagem, com seu agente Ricky Simms revelando que Bolt não estava interessado em se mudar para Malta - e isso abre a possibilidade dele permanecer na Austrália.