<
>

Preso 5 vezes, volante disputa Escocês com tornozeleira eletrônica e tem toque de recolher que o impede de jogar à noite

Tornozeleira eletrônica usada por McGowan, volante do Dundee FC Reprodução

O futebol sempre tem os seus chamados bad boys. Mas um jogador parece estar levando essa história a outro nível no Campeonato Escocês. O volante Paul McGowan acumula cinco passagens pela polícia nos últimos oito anos e fez algo inacreditável no último final de semana: defendeu o Dundee FC usando uma tornozeleira eletrônica por baixo do meião.

A última detenção de McGowan foi em julho, quando cuspiu em um segurança do lado de fora da boate Dundee's Underground, onde bebia com outros jogadores do elenco. Ele até escapou de um tempo maior de prisão – mesmo com um currículo tão grande em delegacias -, mas acabou obrigado a utilizar a tornozeleira eletrônica.

O objeto acabou chamando demais a atenção nos 87 minutos em que McGowan atuou na derrota de seu time por 2 a 1 para o St Mirren, na primeira rodada do Campeonato Escocês no último sábado.

O volante ainda tem mais um agravante: com um toque de recolher entre às 19h e às 7h, ele é desfalque certo sempre que sua equipe atuar de noite. E o pior é que a mesma situação já aconteceu em 2015, em outra de suas passagens pela polícia.

McGowan tem 30 anos de idade e foi revelado pelo Celtic, o maior time do futebol escocês. Está no Dundee FC desde 2014, justamente quando o time voltou à primeira divisão do local.