<
>

Ronaldo perde pênalti, Portugal sofre para empatar com Irã e se classifica

Foi um sofrimento até o apito final. Portugal viu Cristiano Ronaldo perder um pênalti e quase ser expulso, mas conseguiu a classificação para a segunda fase da Copa do Mundo. Os lusitanos empataram com o Irã por 1 a 1 no Estádio de Saransk, nesta segunda-feira (25/06).

O resultado fez a equipe treinada por Fernando Santos terminar na segunda posição do Grupo B, com 5 pontos e 5 gols marcados. O adversário dos portugueses nas oitavas de final do Mundial será o Uruguai, que liderou a chave A.

A Espanha ficou na liderança da chave B, com 5 pontos, mas 6 gols marcados. O adversário dos comandados por Fernando Hierro jogarão contra a Rússia, que ficou na segunda posição do Grupo A.

O Irã ficou na terceira colocação, com 3, enquanto o Marrocos foi o lanterna com 1.

O duelo foi especial para Carlos Queiroz, técnico do Irã, que foi comandante da seleção portuguesa entre 2008 e 2010. Natural de Moçambique, o treinador viveu a maior parte de sua e carreira em Portugal.

EMOÇÃO ATÉ O ÚLTIMO LANCE

Determinados a conseguirem a liderança do grupo, os portugueses quase marcaram o primeiro gol logo aos oito minutos do primeiro tempo. William Carvalho levantou a bola na área e o goleiro Beiranvand dividiu com próprio companheiro. Na sobra, João Mário chutou por cima da meta iraniana.

De tanto insistir, Portugal abriu o placar com um golaço de Ricardo Quaresma. O meia entrou na diagonal da direita para o meio, tabelou com Adrien Silva e chutou de trivela no ângulo do arqueiro. Ele é o jogador mais velho a marcar em Copas do Mundo por Portugal: 34 anos e 272 dias.

Os lusitanos tiveram a chance de marcarem o segundo gol logo aos 4 minutos. Cristiano Ronaldo conduziu a bola na beirada da área e caiu, após disputa com Ezatolahi. Juiz mandou o lance seguir, mas foi consultar o VAR à beira do gramado. Depois, confirmou o pênalti, para o desespero dos iranianos.

Na cobrança, porém, Cristiano Ronaldo bateu no canto esquerdo do goleiro, que fez uma ótima defesa.

CR7, aliás, quase ficou de fora das oitavas de final. Ele acertou uma pancada com o braço em Pouraliganji. O juiz verificou o VAR, mas deu só um cartão amarelo.

O empate do Irã veio no fim do segundo tempo. Aos 47, Azmoun cabeceou a bola na mão de Cédric dentro da área portuguesa. O juiz consultou o VAR e assinalou a penalidade. Ansarifard cobrou o pênalti no ângulo esquerdo de Rui Patrício, que não defendeu.

Foi a primeira vez na história da Copa do Mundo que o árbitro de vídeo foi consultado três vezes em uma partida.

O Irã teve a a chance de virar a partida e se classificar quase no último lance do jogo. Aos 48 minutos, Mehdi Taremi ficou livre dentro da área, mas mandou na rede pelo lado de fora.

FICHA TÉCNICA
IRÃ 1 X 1 PORTUGAL

Local: Arena Mordóvia, em Saransk (Rússia)
Data: 25 de junho de 2018, segunda-feira Horário: 15 horas (de Brasília)
Árbitro: Enrique Cáceres (Paraguai)
Assistentes: Eduardo Cardozo (Paraguai) e Juan Zorrilla (Paraguai)
Público: 41.685 pessoas
Cartões amarelos: Haji Safi e Sardar (Irã); Raphael Guerreiro, Quaresma, Cristiano Ronaldo e Cédric (Portugal)
Gols: IRÃ: Ansarifard, aos 47 minutos do segundo tempo; PORTUGAL: Quaresma, aos 44 minutos do segundo tempo

IRÃ: Beiranvand; Ramin, Hosseini, Pouraliganji e Haji Safi (Mohammadi); Ezatolahi (Ansarifard), Jahanbakhsh (Ghoddos), Mehdi Taremi, Omid e Amiri; Sardar
Técnico: Carlos Queiroz

PORTUGAL: Rui Patrício; Cédric, Pepe, Fonte e Raphael Guerreiro; William, Adrien, Quaresma (Bernardo Silva) e João Mário; Cristiano Ronaldo e André Silva (João Moutinho)
Técnico: Fernando Santos