<
>

Jornal lista seleção espanhola que não foi convocada e garante: 'Qualquer outra invejaria'

Após o técnico Julen Lopetegui revelar sua lista de 23 convocados da seleção espanhola para a Copa do Mundo da Rússia, alguns nomes que ficaram ausentes causaram surpresa para a mídia.

O jornal Marca montou uma equipe dos que jogadores que ficaram de fora e não poupou elogios aos atletas. "Onze dos ausentes que poderiam competir em qualquer torneio ao nível das seleções", além disso o periódico garantiu que "qualquer seleção invejaria".

De acordo com o Transfermarkt.com, site especializado no mercado do futebol, o valor de mercado desses 11 jogadores somados chega a 342, 5 milhões de euros (cerca de R$ 1,5 bilhão).

Veja a seleção - e os valores em euros - dos ausentes montada pelo jornal Marca:

Goleiro: Asenjo (7,5 milhões)
O goleiro fez ótima temporada pelo Villarreal e estava na mente de Julen Lopetegui, mas não conseguiu convencer o treinador a deixar Kepa, do Athletic Bilbao, ou Pepe Reina, do Milan, de fora, já que o posto de titular absoluto da equipe é do arqueiro De Gea, do Manchester United.

Defesa: Sergi Roberto (60 milhões), Bartra (15 milhões), Javi Martínez (40 milhões) e Marcos Alonso (35 milhões).
A defesa da Espanha gerou dúvidas até o momento final da convocação. Lopetegui optou por Odriozola para a posição, deixando de fora Bartra, do Bétis, e Javi Martínez, do Bayern de Munique. O maior supresa da lista foi a ausência de Marcos Alonso, que é titular absoluto do Chelsea há várias temporadas.

Meio de campo: Ander Herrera (30 milhões), Illarramendi (20 milhões) e Parejo (20 milhões)
Ander Herrera, do Manchester United, era um ausência esperada por ter ficado de fora dos últimos jogos da seleção. Illarramendi ficou para trás com a concorrência e Parejo até chegou a ser chamado para o último amistoso, mas não garantiu sua vaga.

Outros nomes conhecidos que ficaram de fora foram Juan Mata, do Manchester United, Cesc Fàbregas, do Chelsea, e Rodri, futuro jogador do Atlético de Madrid.

Ataque: Callejón (25 milhões), Vitolo (25 milhões) e Morata (65 milhões)
O grande ano de Callejón no Napoli não foi foi suficiente para que fosse chamado, já que seus concorrentes na posição tem maior renome e também se destacaram.

Esperava que a chegada de Vitolo ao Atlético de Madrid o garantisse um vaga no Mundial, mas ele não convenceu Lopetegui. A outra grande ausência é Álvaro Morata, do Chelsea.

Entre as ausências dá para destacar Suso, do Milan, que estava na lista de 35, Luis Alberto ou Gerard Moreno, que boa temporada com o Espanyol.