<
>

Carille diz não ter proposta oficial para deixar Corinthians e brinca: 'Por um caminhão de dinheiro, não vou. Por dois...'

O técnico Fabio Carille voltou a desconversar sobre a proposta que teria do Al-Hilal para deixar o Corinthians rumo à Arábia Saudita. Após ver seu time golear o Deportivo Lara por 7 a 2 em plena Venezuela, o comandante repetiu o discurso de ainda não ter recebido nenhuma proposta oficial e até brincou com a situação, mas não fechou a porta de saída em nenhum momento.

“Eu estou muito tranquilo quanto a isso. Não é a primeira proposta que aparece. Essa infelizmente vazou por conta de uma emissora da Arábia. Já tive uma proposta, mas neguei porque só podia levar um profissional. Se eu falar o dinheiro que ofereceram vocês iam me chamar de burro. Dessa vez não chegou nada oficial. Estou sendo muito claro com a diretoria desde o começo”, disse.

“Por um caminhão de dinehiro não saio, mas podem vir dois. Aí não é mais um, a conversa é diferente. Vamos esperar, estou muito tranquilo aqui. Um eu não vou, mas dois posso pensar”, brincou logo na sequência ao ser lembrado que disse no fim do Brasileirão do ano passado que não deixaria o clube nem por um caminhão de dinheiro.

A chance de Carille deixar o Corinthians parece grande. Depois do vazamento da proposta, muitos já indicavam que o treinador estava propostoa sair. No começo da noite, o pai do comandante, Joaquim, confidenciou à TV Globo que o filho estava mesmo perto de deixar o Brasil.

"É a segunda ou terceira proposta que ele recebe de lá, assim como teve outras de clubes daqui do Brasil. Ele falou: "Pai, não vai ter jeito, acho que vou ter de sair, pois realmente é incrível, vou decidir no Brasil, mas desta vez não vai ter jeito". Ele poderia levar até três pessoas na comissão dele, o que já ajudava muito. Isso ele me disse ontem (quarta-feira) à noite", disse Joaquim.

A própria fala de Carille nesta quinta confirma que o fato de ele poder levar mais de um profissional da comissão técnica pode ser um fator que pese para a saída dele. Especula-se também que o Al-Hilal também poderia contratar Rodriguinho, como forma de 'agradar' o treinador.