<
>

Antes de encarar o Tottenham, jogador da 4ª divisão deixa time para virar tatuador

Na segunda-feira, dois dias antes de o Newport County, time da quarta divisão inglesa, encarar o Tottenham pela quarta fase da Copa da Inglaterra, o clube divulgou a informação da saída de um jogador: Sean Rigg.

O meio-campista de 29 anos havia sido contratado na temporada passada, na qual participou ativamente, com 34 partidas em 46 rodadas e seis gols marcando, ajudando a evitar o rebaixamento do time, que terminou em 22º - somente o 23º e 24º caem ao quinto escalão do futebol nacional. A equipe, inclusive, reverteu uma desvantagem de 11 pontos para assegurar uma improvável permanência.

Já nesta campanha, ele começou como titular, mas perdeu espaço e não vinha sendo utilizado desde dezembro.

Na terça, dia seguinte após a notícia, o motivo veio a público o motivo do cancelamento do contrato de Rigg por consenso mútuo: ele decidiu dar maior foco a uma carreira como tatuador.

“Eu disse a Sean que queria que ele ficasse”, afirmou o técnico Newport County, Michael Flynn. “Ele estava pensando no futuro, eu acho, e esse é um momento ideal para ele ir e perseguir seu sonho de ser um tatuador”

“Ele foi magnífico para mim. Nunca me causou qualquer problema e, como eu disse, eu queria mantê-lo. Ele tinha decidido e tudo feito de uma forma muito amigável.”

Rigg agora irá defender o Bath City, um time semiprofissional da sexta divisão inglesa. Dessa forma, ele poderá conciliar o futebol com o seu sonho profissional.

Sem o meio-campista, o Newport County visitará o poderoso Tottenham no Wembley nesta quarta-feira, às 17h45 (de Brasília), pelo replay da quarta fase da Copa da Inglaterra. No primeiro jogo, o modesto time galês, que disputa as competições inglesas, conseguiu o empate por 1 a 1, em casa, forçando a segunda partida, que terá transmissão da ESPN Brasil e WatchESPN.

Sem mais vínculo profissional com o Newport County, Rigg ficará na torcida para que seu time consiga uma vitória. O que seria tão marcante quanto uma tatuagem.