<
>

Após fala de Ceni, diretoria do São Paulo entende e apoia que treinador decida sobre poupar titulares ou não contra o Palmeiras na Copa do Brasil

play
São Paulo: 'O Rogério Ceni não é afeito a assumir responsabilidades', critica Breiller Pires (1:42)

Treinador desabafou em entrevista após derrota no Choque-Rei e foi criticado durante o ESPN F360 (1:42)

Ceni disse após o Choque-Rei de segunda-feira (20) que cartolas decidiriam o time do São Paulo que iria a campo na quinta-feira (23), contra o Palmeiras, na Copa do Brasil


Após a derrota por 2 a 1 de virada para o Palmeiras, na última segunda-feira (20), pelo Brasileirão, o técnico do São Paulo, Rogério Ceni, disse que a diretoria do clube iria dizer que time escalar contra o Verdão no duelo desta quinta-feira (23), pelas oitavas da Copa do Brasil. Ou seja: o treinador deixou nas mãos dos cartolas a decisão sobre usar titulares ou reservas no 2º Choque-Rei da semana.

Segundo apurou a ESPN, porém, a situação não será essa.

De acordo com fontes ouvidas pela reportagem, a montagem do time para quinta ficará totalmente a cargo de Ceni, sem qualquer interferência da alta cúpula tricolor.

A promessa é de que não haverá qualquer ingerência no trabalho do comandante, com garantia de apoio ao M1T0 qualquer que seja a escalação escolhida para o duelo contra o Verdão.

Em sua coletiva, Ceni lembrou que, se repetir o time titular contra o Alviverde, corre o risco de ter o grupo exausto para o duelo contra o Juventude, no final de semana, pelo Brasileirão.

"Eu não sei no físico quem vai trabalhar na quinta-feira... O grupo todo que nós temos estava aí hoje. É uma escolha, a direção tem que escolher", afirmou.

"Quer arriscar tudo na quinta-feira contra o Palmeiras? Arriscamos tudo, pode perder jogador por lesão. E vai estar cansado contra o Juventude no domingo (26), é jogo de três em três dias, não tem muito segredo. Tem que fazer escolhas, o que a direção topar... Não depende só de mim, pode ter certeza", completou.

Como foi o treino desta quarta-feira

Os jogadores do São Paulo realizaram na manhã desta quarta-feira, no CCT da Barra Funda, o último treinamento de preparação para a partida contra o Palmeiras. Rogério Ceni comandou um treino técnico e tático e alguns jogadores fizeram ainda um trabalho de cobranças de falta.

O treinador continua com algumas baixas no elenco. O atacante Nikão, em recuperação de dores no tornozelo esquerdo, e o volante Talles Costa, com um entorse no tornozelo direito, seguem em processo de recuperação e nesta quarta-feira, além do trabalho interno no REFFIS, realizaram uma corrida no gramado sob a supervisão dos fisioterapeutas.

O volante colombiano Andrés Colorado, o meia Gabriel Sara e o atacante Alisson deram sequência ao tratamento de suas lesões no REFFIS. Já o volante Luan e o atacante Caio foram operados nesta quarta-feira. Os procedimentos foram bem sucedidos e os jogadores devem iniciar o processo de recuperação nos próximos dias.

Para o duelo desta quinta-feira, Rogério Ceni tenta levantar o astral do grupo de jogadores, que está baixo depois de duas derrotas seguidas no Campeonato Brasileiro – sendo a última para o mesmo Palmeiras, também no Morumbi, de virada por 2 a 1 com dois gols nos últimos minutos.