<
>

Darwin Núñez: Liverpool finaliza acordo de R$ 525 milhões e acerta contratação de xodó de Jorge Jesus no Benfica por 5 temporadas

Darwin Núñez, ex-Benfica, irá realizar exames médicos protocolares e em seguida assinar contrato com o Liverpool


O Liverpool finalizou neste domingo (12) o acordo para contratar o atacante Darwin Núñez, do Benfica, em uma negociação de 100 milhões de euros (quase R$ 525 milhões), segundo apurou a ESPN.

Na sexta-feira (10), a ESPN já havia informado que um acordo estava encaminhado, e agora fontes ouvidas pela reportagem revelaram que os Reds de fato irão bater seu recorde de transferência mais cara da história para contratar o uruguaio, que era um dos grandes xodós do ex-técnico Jorge Jesus no clube de Lisboa.

De acordo com fontes, Núñez, de 22 anos, irá assinar por 5 temporadas com o gigante de Anfield. Ele estava com a seleção do Uruguai, mas já está a caminho da Inglaterra para realizar os exames médicos protocolares.

A reportagem apurou que o acordo final foi fechado na noite de sábado entre os clubes, com o Liverpool topando pagar 75 milhões de euros (R$ 393,5 milhões) fixos, mais 25 milhões de euros (R$ 131,17 milhões) em bônus.

Para "capturar" Darwin, os Reds tiveram que passar por cima da concorrência na Premier League, já que Manchester United e Arsenal também queriam o atacante.

Fontes ouvidas pela ESPN, porém, disseram que Núñez tem a intenção de disputar regularmente a Champions League, algo que Red Devils e Gunners não vem conseguindo oferecer.

A chegada de Darwin deve ter um impacto direto na situação de Sadio Mané em Anfield, já que o senegalês está na lista de desejos do Bayern de Munique.

O Liverpool já recusou duas ofertas dos campeões da Bundesliga, mas o fato de Mané querer sair pode forçar a equipe inglesa a ceder aos bávaros em breve.

Núñez, que estava no Benfica desde setembro de 2020, foi o artilheiro do futebol português na última temporada e fez grandes partidas na Liga dos Campeões. Ele fechou o ano com 34 gols e 4 assistências em 41 partidas.

Ele começou sua carreira no Peñarol, do Uruguai, antes de ser vendido ao Almería, da 2ª divisão espanhola, em 2019. Após fazer 16 gols em 32 jogos pela equipe, saiu para o Benfica. O Almería terá direito a 20% do valor da transferência.

Depois dos jogos das quartas de final de Champions entre Liverpool e Benfica, aliás, o técnico Jürgen Klopp já havia elogiado Darwin, dizendo que ele é um "jogador muito bom" e com "enorme futuro pela frente".