<
>

Fluminense faz o improvável, massacra na Bolívia por 10 a 1, mas é eliminado da Copa Sul-Americana

O Fluminense fez sua parte no 'milagre' para classificar, mas viu Unión Santa Fé golear e eliminar brasileiros


O Fluminense até tentou, mas está eliminado da Copa Sul-Americana. Na noite desta quinta-feira (27), a equipe viajou até a Bolívia para enfrentar o Oriente Petrolero e conseguiu histórica goleada por 10 a 1. Os gols foram marcados por Cano (3), Matheus Martins (3), Arias, Caio Paulista, Manoel e Willian.

O Tricolor, para avançar, precisava golear por uma diferença de seis gols, mas também dependia de um empate na outra partida do grupo. O Unión Santa Fé, porém, goleou o Junior Barranquilla por 4 a 0, avançando para as oitavas.

A goleada foi quase toda construída na primeira etapa, com cinco gols sendo marcados com menos de 20 minutos e a partida ficando em 6 a 1. Na segunda etapa, o Tricolor marcou outros quatro gols para fechar o placar.

Esta foi a maior goleada do time carioca na história de suas participações em torneios da Conmebol, além de o maior placar conquistado no século, superando o 8 a 0 sobre o América-RJ em 2002, no Torneio Rio-São Paulo.

A última vez que o Flu conseguiu marcar uma dezena de gols foi em amistoso contra o combinado da MTV Brasil, emissora que patrocinava o clube, em Moça Bonita. O placar daquela partida foi 12 a 0.

Antes disso, o maior placar foi um 12 a 1 contra o Tarancon, da Espanha, em amistoso em 1986.