<
>

City, Liverpool e chance de 'final' em campo neutro: todos os cenários da briga pelo título da Premier League

Manchester City e Liverpool disputam título inglês até os últimos dias da temporada e ficam de olho no resultado do concorrente para saber o que precisam fazer na rodada final, marcada para o próximo domingo


O empate do Manchester City contra o West Ham, domingo (15), em Londres, colocou ainda mais fogo na reta final da Premier League. O time de Pep Guardiola segue na liderança e agora com quatro pontos de vantagem sobre o Liverpool, mas essa gordura pode ser reduzida para um ponto caso a equipe de Jürgen Klopp faça sua parte e vença o Southampton nesta terça-feira (17), fora de casa, com transmissão ao vivo pela ESPN no Star+.

A disputa pelo título inglês está tão intensa que tudo pode acontecer nos próximos dias. O City, por exemplo, tem a chance até de sagrar-se campeão na terça, sem nem entrar em campo. O Liverpool ainda guarda a esperança de uma virada no fim de semana, durante a última rodada. Isso se os dois ainda não acabarem empatados em todos os critérios e terem que disputar tudo em uma final extra...

Veja abaixo todos os cenários da reta final insana da Premier League:

Terça-feira chave

O Liverpool visita o Southampton às 15h45 (de Brasília), no Saint Mary's Stadium. Os Reds estão na vice-liderança e começarão o jogo quatro pontos atrás do City (90 a 86 para os atuais campeões).

Se vencer, o que é o mais provável pela situação dos dois times, o Liverpool alcança os 89 pontos. Fica um abaixo do Manchester City e, automaticamente, já tira alguns gols de saldo, atualmente favorável ao rival (72 a 65).

Caso o Liverpool tropece, a situação do campeonato será a mesma antes da penúltima rodada. O time de Klopp pularia para 87 pontos, três a menos que o elenco de Guardiola, e dependeria de uma combinação de resultados para ser campeão no domingo.

Mas, caso o Southampton surpreenda e apronte em seu último jogo como mandante, a corrida pelo título acaba. Isso porque o Liverpool permaneceria com 86 pontos e, a uma rodada do fim, não poderia mais alcançar o City, firme na ponta com 90.

Na última rodada

A jornada final da Premier League marca todos os jogos simultaneamente para 12h (de Brasília). O Manchester City recebe o Aston Villa, no Etihad Stadium, enquanto o Liverpool visita o Wolverhampton, no Molineux.

As contas para o último jogo dependem diretamente do que acontecerá na terça. Mas já é possível imaginar cenários hipotéticos. Se ainda não tiver sido campeão, o City garante o título inglês em caso de vitória simples sobre o Villa, dirigido por Steven Gerrard e estrelado por Philippe Coutinho, ambos com bela história em Anfield.

O Liverpool depende do que acontecer em Southampton. Se vencer na penúltima rodada, os Reds precisariam de novo triunfo e mais um tropeço do City para abocanhar o 3º troféu na temporada. Lembrando que o clube já conquistou a Copa da Liga Inglesa e a Copa da Inglaterra, ambas em finais contra o Chelsea.

Agora, se empatar contra o Southampton, o Liverpool fica em situação mais delicada, pois precisaria derrotar o Wolverhampton e torcer para o Aston Villa bater o City na rodada final. Neste cenário de tropeço do rival na terça, o time de Manchester será campeão com um empate simples no domingo.

Final com jogo extra?

Outro cenário de arrepiar está previsto em regulamento: se dois times empatarem em absolutamente todos os critérios de desempate, é necessária a disputa de um playoff para decidir o campeão, em campo neutro e formato a serem decididos pela organizadora da competição.

Os critérios de desempate do campeonato são, pela ordem: saldo de gols, gols pró, pontos no confronto direto e gols como visitante no confronto direto. Como City e Liverpool empataram os dois clássicos por 2 a 2, eles já estão iguais nos últimos dois critérios.

Só que, para isso acontecer, é necessária uma combinação surreal de resultados (ou não?)...

Exemplo: o Liverpool vencer um de seus jogos por 7 a 2 e empatar o outro em 2 a 2, além de o Manchester City perder para o Aston Villa por 4 a 2.

Dessa maneira, ambos terminariam o domingo com: mesma pontuação (90), mesmo saldo (70) e mesmo número de gols pró (98). Como empataram os dois clássicos em Anfield e no Etihad, a decisão da Premier League aconteceria em uma final absolutamente inacreditável.

Claro que a hipótese de todas essas combinações acontecerem é muito pequena, mas é divertido pensar em mais capítulos dessa rivalidade...